Segunda-feira, 25.02.19

catroga

Vamos assinar. E Estamos à espera da assinatura do sr.Prof.Fernando Catroga e do dr. Eduardo Catroga.

ma



publicado por porabrantes às 20:23 | link do post | comentar

Terça-feira, 12.02.19

padre zé 1

Carta do Padre Zé de Oliveira

padre zé 2

padre zé 3

Resposta dos professores ao Pároco....

O conflito ente o pároco de S.Miguel e os professores primários em

1956 sobre as pretensões da Igreja em obrigar as criancinhas e financiarem o Monumento ao Cristo Rei .

Que o Cardeal Patriarca Cerejeira a toda a força queria erigir....

ma 



publicado por porabrantes às 21:18 | link do post | comentar

Sexta-feira, 14.09.18

fraude delgado catroga sábado abril 1958

Entrevista na Sábado de Sílvia Oliveira a Eduardo Catroga, Abril, 2018

 

A fraude denunciada foi realizada sendo o Dr. Manuel Fernandes, Presidente da UN/Abrantes e Presidente da Câmara o Major Machado.

 

Temos poucas memórias abrantinas e esta excelente entrevista é uma boa contribuição para as avivar. 

 

mn



publicado por porabrantes às 20:38 | link do post | comentar

Domingo, 08.04.18

avellar machado novo.png

Não houve político a que Abrantes ficasse a dever mais que ao rossiense Avellar Machado. O abastecimento de água no cabeço, a linha férrea que revolucionou os transportes locais (e que a prazo mataria o tráfico fluvial), escolas nas freguesias, e por aí  adiante.

Para ver a sua folha de serviços consulte-se o Abrantes Cidade Florida, num artigo de Mestre Diogo Oleiro.

Oficial do exército com uma formação de engenharia, pode incluir-se na lista dos homens do mesmo tipo, que seguiram outro engenheiro, Fontes Pereira de Melo, na política, fazendo um certo saint-simonismo à portuguesa. 

Num país de bacharéis e literatos românticos, era a modernidade.

 

Foi político, nunca chegou a Ministro, capitaneou os regeneradores locais e foi naturalmente conivente num sistema eleitoral baseado nos caciques (os influentes) e na fraude eleitoral.

A maior crítica abrantina que se lhe pode fazer é que sendo vogal do Conselho dos Monumentos Nacionais (1894) deixou Santa Maria do Castelo continuar a ser um estábulo, como conta Oliveira Martins nas Cartas Peninsulares

santa maria oliveira

 

Conseguiu no fim da vida sinecuras a que hoje chamaríamos tachos ,  e teve múltiplas homenagens em vida mas não teve bustos nem estátuas, enquanto viveu.

Algumas  das homenagens foram organizadas pelo seu adversário político progressista Francisco Eduardo Solano de Abreu, designadamente a criação no Montepio duma bolsa a favor das classes artísticas (era assim que se chamava aos operários, muitos deles ainda artesãos), que levou o nome do Par do Reino, dotada com rendimentos por Solano, que hipotecou valiosas propriedades rústicas para garantir esses pagamentos,

Pelo que dizia Oliveira Martins a sua fotografia estava omnipresente em todos os sítios, incluindo nos palheiros onde se aboletavam as azémolas da tropa.

Mas só teve estátua depois de morto e bastante depois (1929)

monumento avelar machado.jpg

Não sei se foi o pudor de Avellar Machado ou a falta de verbas que levou a isto.

Mas as outras estátuas abrantinas, ao Dr. Manuel Fernandes em Abrantes, a do Comendador Duarte Ferreira, no Tramagal, a do industrial Soares Mendes no Rossio, a de António Botto, na Concavada só foram inauguradas depois da morte dos homenageados, seguindo a tradição da primeira, a de Taborda.

Agora o próprio homenageado descerra o seu busto

catroga busto.jpg

 

 Convenhamos que o inovador  espectáculo não é elegante.

mn

 



publicado por porabrantes às 18:29 | link do post | comentar

Quinta-feira, 11.05.17

padre zé oliveira.jpg

carta ministro.jpg

 Era Ministro das Corporações....Henrique Veiga de Macedo.

 

O Presidente que não respondia às cartas era.....o Major Machado

capitao machado.jpg

Veiga de Macedo tinha estado, em 15 de Julho de 1956, a inaugurar a Casa do Povo de S.Miguel, onde o Padre fez um discurso bombástico! (vamos publicá-lo um dia destes...)

 

O Padre queria subsídios para a Cantina Escolar em S.Miguel  e a CMA boicotava-a em vingança política, por a terra ser coutada de partidários do falecido Henrique Augusto da Silva Martins.

 

As crianças que se lixassem com as brigas dos políticos.

 

Hoje como ontem a cena é igual, edis que não respondem a cartas até que acabam multados pelos tribunais, terras e miúdos que são alvo de vinganças políticas mesquinhas.

 

ma  



publicado por porabrantes às 19:47 | link do post | comentar

Terça-feira, 10.05.16

carta do catroga.jpg

Carta do Sr. Doutor Eduardo Catroga aos amigos em que pede ajuda para a requalificação do Largo da Aldeia de São Miguel, sua terra natal, bem como do irmão, o Professor Doutor Fernando Catroga.

O Senhor Doutor Catroga assume-se como um grande bairrista e o blogue aplaude, mas aqui há uma questão política que envolve a Presidente,

cacique.jpg

o Presidente da Junta de S.Miguel e Rossio e eventualmente a Assembleia Municipal.

Temos lido com atenção as actas municipais (o guarda-rios ainda não meteu como devia as actas da freguesia on-line) e as da Assembleia e a Imprensa, e constamos com estupor que ninguém falou disto.

Ora diz o Doutor Eduardo Catroga que as obras já têm financiamento assegurado e que só faltam 30.000 €.

Assegurado por quem?

Onde é que isso se discutiu na CMA?

Onde é que o Presidente da Junta abordou o assunto na Assembleia Municipal?

Finalmente (há outros assuntos a tratar) onde é que está o projecto para uma pessoa saber se dá as massas ou não?

Já sabemos que 30.000 euros são uma ''pintelhice'', expressão coloquial de uso corrente entre os naturais de São Miguel,  mas a transparência é a regra em democracia.

Já chega?

Por agora

MA 



publicado por porabrantes às 13:06 | link do post | comentar

Sábado, 01.08.15

bpi.png

 

 

Quase 15 anos  depois de ter sido aberta a agência do BPI no Rossio ao Sul do Tejo fechou. Trata-se naturalmente dum efeito colateral da crise e da concentração de todos os investimentos camarários no cabeço.

Espera-se um comentário do Presidente da Junta de S.Miguel e R.S:T, dado que o Rossio foi obrigado a fundir-se como uma freguesia rural ( onde numa parte o poder quer concentrar ciganos)  perdendo a autonomia que gozava desde o tempo de D.Maria II.

mn

 



publicado por porabrantes às 16:47 | link do post | comentar

Quarta-feira, 27.05.15

marina.png

Queremos a Maria Gaio como Deputada.

 

''Nome completo:
Maria Costa Lopes Gaio Alves

 

Data de nascimento:
7/15/1935

Naturalidade:
S. Miguel do Rio Torto

Nacionalidade:
Portuguesa

Apresentação pessoal

Sou licenciada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa. Fiz formação em Psiquiatria na Universidade de Londres tendo trabalhado no Reino Unido durante 5 anos. No regresso a Portugal confirmei a especialidade em Psiquiatria e fiz carreira hospitalar no Hospital Júlio de Matos onde desempenhei funções de Assistente Hospitalar, Chefe de Serviços Hospitalares, Directora Clínica e Directora do mesmo Hospital. Após a Revolução de Abril fui,durante alguns, anos militante do Partido Comunista Português. Sou natural de S. Miguel do Rio Torto, concelho de Abrantes.

Apresentação da candidatura
Dada a situação sócio-política acredito que só um governo de esquerda poderá criar as condições que permitam o desenvolvimento do país e a recuperação da dignidade dos cidadãos. Nesse sentido o Livre/ Tempo de Avançar deve estar representado no Parlamento.

Áreas de intervenção preferenciais
Igualdade de Género. Saúde. Idosos.

Como pensa interagir com os eleitores?
Contacto directo com os cidadãos e por email.

Círculos pelos quais concorre:
Círculo de Santarém
Círculo de Lisboa
Círculo de Bragança

No Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100001109799276
No Twitter:
Site pessoal ou blog:

Apoiem-na aqui''

 

Devida vénia a Tempo de Avançar

 

a redacção



publicado por porabrantes às 15:25 | link do post | comentar

Terça-feira, 26.05.15

Lamentável a ausência da Presidente da Câmara na cerimónia de jubilação do Professor Doutor Fernando Catroga, um dos mais importantes catedráticos lusos de História e um pensador determinante na História das Ideias Políticas, que se celebrou na Universidade de Coimbra.

rui lopes.jpg

Presentes entre outros o nosso amigo dr. Rui Lopes, consagrado historiador abrantino, o dr. Guilherme Oliveira Martins, Presidente do Tribunal de Contas, o ex-Ministro das Finanças, Eduardo Catroga (irmão do homenageado) e as autoridades académicas e muitos alunos e colegas do Mestre Abrantino.

 

Parece que a CMA se fez representar pelo dr.Luís Dias, Vereador da Cultura.

 

Tinha-se aqui, a 11 de Maio, destacado o papel do Fernando Catroga como historiador '' Apesar do seu contributo decisivo para analisar o Pensamento Republicano, a História da Maçonaria (que ele interpretou melhor que o saudoso A.H. de Oliveira Marques), o Laicismo como religião política do liberalismo português, análises essas traduzidas em dezenas de publicações, só uma vez, que eu me lembre, foi convidado a fazer uma conferência em Abrantes, no âmbito das comemorações dum aniversário da EICA, de que foi aluno.'' 

 

O dr. Luís Dias disse isto, hoje, no facebook (....) ''O seu olhar sobre a história foi decisivo para analisar o pensamento Republicano, a história da Maçonaria e o laicismo como religião política do liberalismo português, análises, essas, que foram traduzidas em dezenas de publicações'' (...)

 

Temos de dar os parabéns ao Senhor Vereador por reconhecer a primazia cultural deste blogue e vê-se que nos lê e aprende. Se ler mais aprenderá mais e poderá explicar à cacique que antes de fazer ameaças que estude e que antes de demolir muralhas para edificar bunkers, que respeite a história.

 

Foi uma escandalosa bofetada na cultura abrantina a ausência da Presidente em Coimbra.

 

Ninguém perguntou ao Doutor Eduardo Catroga o que pensava disso, não fosse ele responder em português castiço, que não se preocupava com certas .....

 

Finalmente tendo sido Fernando Catroga um benemérito importante da Liga dos Amigos do Hospital, teria sido de bom-tom o Senhor Dr. Luís Moura Neves Fernandes ter ido à cerimónia, bem como o Presidente da Junta de Rossio/São Miguel dado o Fernando ser natural da falecida freguesia são-migueleira.

 

mn

 

foto desviada ao dr. Rui Lopes, Embaixador de Abrantes em Coimbra   

 

ps- a ausência da Igreja deve ser devida ao horror anti-maçónico, mas porquê a ausência de pedreiros abrantinos? falo de pedreiros-livres e não de pedreiros com pulseira electrónica

  

    



publicado por porabrantes às 11:19 | link do post | comentar

Terça-feira, 07.04.15

 

Morreu o Pároco do Rossio e de São Miguel e ainda do Pego. O Rev.Padre Sebastião Marques Fernandes  há muito tempo paroquiava as três freguesias citadas. Era um homem simpático e prestável, se calhar demasiado piedoso e demasiado boa pessoa.

Duas qualidades incompatíveis com os tempos em que vivemos.

A forma como conviveu (não vou dizer fraternalmente, mas paternalmente) com outro sacerdote que era um doente psíquico revela a sua extrema bondade e dignidade.

Foi-se um um homem bom, já não o vou encontrar à porta dum banco distribuindo pagelas da Chiara Lubich e dizer-lhe que isso era uma pieguice devota.

Ele resumiu a sua vida nisto:

Sebastião Marques Fernandes - Testemunho de um padre!

 
 
 
Desde criancinha com 3-4 anos comecei logo a dizer: “quero ser padre, quero ser padre!” E Deus deu-me esta grande graça! Logo a seguir à 4ª classe, fui para o Seminário de Gavião onde permaneci 2 anos. Depois segui para o Seminário de Alcains onde estive durante 4 anos. Mais tarde entrei no Seminário  de Portalegre, onde vivi em comunidade com outros jovens durante 6 anos!
 
Após a minha formação humana, espiritual e teológica fui ordenado sacerdote com os outros três padres! O P. Álvaro de Jesus,  P. Luis Bernardo e  Cónego José da Costa no Estádio Municipal de Castelo Branco... foi especial... todos gostámos muito de jogar futebol e Deus deu-nos esta graça!
 
Fui nomeado para Prefeito e professor do Seminário de Gavião. Foi uma bela experiência! Depois tive a minha primeira experiência na paróquia de São Miguel da Sé, em Castelo Branco. Anos mais tardes fui chamado a servir a comunidade da paróquia da Sertã. Entretanto fiz uma bela experiência numa Escola Sacerdotal em Frascati (RomaItalia) que me ajudou a transformar toda a minha vida! De lá fui para o Seminário de Alcains, e depois para o Colégio de Portalegre. No Seminário de Portalegre acompanhei os rapazes que estavam no Seminário Menos como diretor Espiritual. Seguiu-se nova vida paroquial nas paróquias de Oleiros, Mosteiro e Amieira. Mais tarde segui para as paróquias de Ladoeiro, Rosmaninhal, Zebreira, Toulões, Segura e Salvaterra do Extremo. E por fim o senhor bispo mandou-me para o Ribatejo para servir as comunidade que hoje sirvo.
 
Eu rezo todos os dias o Rosário. Ao rezar o  5º mistério luminoso agradeço sempre estes grandes dons  do Sacerdócio e do celibato que Deus me concedeu! Sinto todos os dias esta grande alegria  de ser sacerdote  porque aprendi  a viver o Evangelho! Muito me alegrei  com a Exortação Apostólica do Santo Padre o Papa Francisco “ A Alegria do Evangelho”! É um grande segredo que nós Igreja temos que comunicar e transmitir nas paróquias da nossa diocese e em todo o Mundo... sobretudo às nossas crianças e jovens.
 
Saudações fraternas!
 
página da Diocese
 
naturalmente aqui no blogue não vamos rezar por ele, mas  estamos tristes porque partiu um homem de bem e que deixou um firme exemplo de dignidade, que algum colega ou superior dele podia aproveitar.
Nada do que se diz aqui não foi dito ao amigo Sebastião Fernandes, e digo amigo porque o Rev.P. Sebastião Fernandes via um amigo em cada ser humano.
RIP
 
mn
 
bem às vezes falava demais, disse-me que não convinha votar PS porque aquilo estava cheio de maçons e eu disse-lhe: e os outros????? esqueci-me de lhe dizer...quantos maçons, satânica seita, há na hierarquia da Igreja????? e quantos colegas seus usam aventais ????    


publicado por porabrantes às 11:00 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Estamos à espera dos Catr...

As criancinhas que paguem...

Fraude eleitoral em S.Mig...

A política da memória

Carta do Padre Zé

Apelo do Doutor Eduardo C...

BPI fecha no Rossio

São Miguel está na moda: ...

Uma bofetada na Cultura A...

Morreu o Rev.Padre Sebast...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12

18
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds