Terça-feira, 17.03.15

 

 

Como se disse aqui o ex-P. da Chamusca é julgado por prevaricação e coitadinho o MP diz que o homem deve ser absolvido porque '' por considerar que o crime resultou de um mero “acto de gestão municipal”.

O MP reconheceu que, apesar de provado que Sérgio Carrinho autorizou a construção de uma moradia num local onde tal não era legalmente possível, "não houve intenção de beneficiar ou prejudicar alguém". Frisou ainda que o PDM da Chamusca encontra-se há 20 anos em processo de revisão. ''

 

Ora a brihantíssima alegação do MP tem um ligeiro problema, porque foi o MP que deduziu a acusação....

 

Não podia ter ficado quieto? Não podia não ter acusado?

 

Bem se calhar foi outro colega que a deduziu,  e face ao choradinho da defesa que diz, com razão, que o Carrinho é boa pessoa e muito popular ( coisa que me confirmaram vários latifundiários da Bord' Água), o actual Procurador ficou cheio de pena.

E não queria o Carrinho beneficiar o emigrante da Suíça????

 

É óbvio que não, o Carrinho é comunista e os comunistas odeiam a Suiça, embora como comunista atípico, e alérgico à luta de classes, o Carrinho, tenha muito respeito à memória do eng. Amaral Netto que foi Presidente da Assembleia Nacional fascista.

 

Também pode acontecer que apesar  do MP achar provado que o Carrinho violou a Lei, se estabeleça a tese que quem é autarca pode violar a Lei, confirmando a jurisprudência já feita na absolvição da cacique Irene Barata e dos edis de Constância.

 

Talvez seja hora de rever a Constituição, estabelecendo que os autarcas podem impunemente praticar delitos e quem sabe terem foro vitalício de só serem julgados pelo STJ , como pretendiam os advogados, do Sócrates, no intervalo dum deles dizer que havia uma jornalista um bocado porca....

 

capas-diario.jpg

 PS- Naturalmente apelamos à absolvição imediata do Camarada Carrinho!!!!



publicado por porabrantes às 20:30 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.03.15

E as etares abrantinas????'

 

ma

fonte O Mirante

 

Arquivo: Edição de 12-05-2011

SECÇÃO: Sociedade

Tribunal da Golegã não atendeu as justificações dadas pelo município 
Tribunal condena Câmara da Chamusca a pagar 71 mil euros por mau funcionamento da ETAR 

O Tribunal da Golegã condenou a Câmara Municipal da Chamusca ao pagamento de uma multa de 71 mil euros devido ao mau funcionamento da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da sede do concelho. A situação remonta ao início do ano de 2009, quando uma fiscalização do Ministério do Ambiente detectou algumas falhas na gestão do equipamento que esteve seis meses sem que fossem feitas análises aos efluentes. Na altura da visita os fiscais fizeram análises que apontavam para níveis de poluição muito acima do normal. Levantaram um auto de contra-ordenação, que a câmara contestou.
O caso foi agora julgado no Tribunal da Golegã e o juiz considerou que os fundamentos da contra-ordenação estavam todos provados. Referiu ainda que existia no local uma estação de triagem de resíduos sólidos não licenciada e condenou a autarquia ao pagamento de uma multa de 71 mil euros.
Na altura dos acontecimentos o presidente da câmara, Sérgio Carrinho (CDU), sentiu-se algo revoltado e garantiu que não concordava com as conclusões da fiscalização. “Houve excesso de zelo. Os nossos serviços tiveram o cuidado de informar que havia uma avaria numa máquina do equipamento. Avaria que estava a ser reparada. Os fiscais não tiveram isso em consideração e fizeram a análise, que deram o resultado anormal. Um resultado que afinal não é tão grave como o dos concelhos que lançam os esgotos sem qualquer tratamento para os rios”, disse Sérgio Carrinho.
Quanto aos materiais que estavam no recinto, tratavam-se, segundo o autarca, de coisas velhas que ali foram colocadas na altura dos incêndios. “Algumas telhas velhas e outros materiais do género, nada de muito poluente. Por tudo isto vamos contestar o auto e pedir o seu arquivamento”, disse Sérgio Carrinho.
Perante a decisão do Tribunal da Golegã, Sérgio Carrinho deu conhecimento ao executivo, na reunião de câmara do dia 9 de Maio, que embora não concorde com a decisão a autarquia não vai recorrer, e pediu para pagar a multa em 24 prestações, situação que foi recusada, permitindo apenas a divisão em 12 prestações.
O vice-presidente da câmara, Francisco Matias (CDU), foi quem se mostrou mais agastado com a situação. “Até parece que nos querem afundar de todo. Somos um dos concelhos do distrito com mais eficácia no tratamento de efluentes e somos tratados desta maneira. Sabemos que há situações bem graves por todo o distrito, com ETAR que nunca funcionaram e com problemas quase irresolúveis, mas esses não são condenados”, disse agastado.
O vereador do PS, Joaquim José Garrido, também não gostou da decisão do juiz e propôs que a câmara recorresse da decisão. Sérgio Carrinho compreendeu a indignação do vereador, mas garantiu que a experiência lhe diz que nestas coisas do ambiente não vale a pena recorrer.



publicado por porabrantes às 18:35 | link do post | comentar

Quarta-feira, 08.06.11

José Hermano Saraiva outra vez,  perguntará o leitor ?

 

Sim, para o ouvir do cimo do miradouro da Chamusca para dizer que a paisagem da Vila da Chamusca ainda não foi liquidada por mamarrachos de betão !!!!

 

como aqueles que já existem em Abrantes e o próximo que querem erguer contra a História, o Povo e a Lei em Abrantes!!!!

 

 

Ouçam o Mestre,

 

E agora o comentário do nosso amigo Cidadão Abt (é pá desculpa o atraso na edição!!!)  : 
sobre Nova barracada na política de propaganda da CMA na Quinta-feira, 2 de Junho de 2011 às 21:32:

     

Da recepção feita pela edilidade camarária ao Professor José Hermano Saraiva aquando da sua incursão de reportagem a Abrantes, por melhor vontade que o historiador trouxesse, não se poderia esperar mais de um homem de idade avançada que se quedou junto às três aguadeiras perante a indiferença dos anfitriões representantes do concelho que o Professor veio promover!
Ou a presidência já calcularia a opinião com que poderia contar acerca de assuntos patrimoniais e históricos, vinda de uma pessoa inteligente...

 

Caro Cidadão:

Estamos de acordo e para se saber o que o Historiador pensa dos crimes urbanísticos como é o caso do projecto de Carrilho da Graça para São Domingos, aqui fica a sua opinião sobre o que deve ser um tecido urbano decente.

 

Ou a prova de que o

Presidente da Chamusca

é mais inteligente

que a Drª Albuquerque !!!!

 E não andou em

nenhuma Faculdade......

 

Miguel Abrantes 

 



publicado por porabrantes às 17:41 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Naturalmente apelamos à a...

Condenação de município p...

Sérgio Carrinho é mais in...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds