Quarta-feira, 19.06.19

plitizado

atenção que um neo-liberal ou um socialista abrantino diriam em coro : isto não deve ser politizado!!!!!

ma


tags:

publicado por porabrantes às 17:25 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sábado, 06.04.19

nem no Vale das Mós.......

Carlos Matias (BE) perguntou à tutela quando haverá médicos em S.Facundo e Vale das Mós

 

Depois de conversa da treta a tutela diz que não haverá médicos lá

gms

À conversa da treta haveria que responder com a força (da razão)

Porque nenhum dos argumentos da tutela merece qualquer respeito....

mn



publicado por porabrantes às 18:47 | link do post | comentar

Quarta-feira, 13.03.19

somatório

(devida vénia RTP ) ler aqui

dizem o mesmo que nós ou seja estamos em excelente companhia

Agradecemos à Ordem dos Médicos

mn

 

 



publicado por porabrantes às 07:39 | link do post | comentar

Terça-feira, 12.03.19

21381920_f0TDb

O cacique rossiense vai explicar qual a razão porque os de S.Facundo não têm direito a médico.

Desta vez não falará em problemas cognitivos.

mn


tags:

publicado por porabrantes às 18:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 08.03.19

53807528_620916861685605_3826202865823645696_n

Divulgado no face pela Srª Mª Antónia Gomes, no Grupo contra o encerramento do posto de Saúde. 

''Reabre o posto médico de S. Miguel do Rio Torto, com consultas às segundas, quartas e sextas de tarde!''

 

Com agradecimentos ao Vereador do Bloco, o amigo Armindo Silveira, que esteve onde tinha de estar ao lado do Povo

  • Me gusta
  • Responder
  • 58 min
  • Editado
 
  • Armindo Silveira
    Armindo Silveira A seguir é a Uf de São Facundo e Vale das Mós.
    3
    • Me gusta
    • Responder
    • 57 min
    •  
      Cristina Rodrigues Armindo Silveira obrigada por toda a colaboração no processo
       
      Com a evidente derrota da ex-cacique, e do Luís Alves, o tal que andou a dizer que os de S.Miguel tinham ''dificuldades cognitivas''.
       
      ma  

 



publicado por porabrantes às 19:20 | link do post | comentar

Domingo, 03.03.19

Abrantes, Santarém, 11 fev (Lusa) - Mais de mil utentes estão desde outubro sem médico de família em São Miguel do Rio Torto, concelho de Abrantes, tendo a junta de freguesia iniciado uma recolha de assinaturas para protestar contra a situação.
"Encetámos esta semana a recolha de assinaturas pela população, através de abaixo-assinado, por forma a mostrar o nosso descontentamento e para pressionar o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo a colocar aqui um médico de família", disse hoje à agência Lusa o presidente da União de Freguesias de São Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo, no distrito de Santarém.
Segundo Luís Alves (PS), o manifesto, que está a ser desenvolvido em parceira com a Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo (CUSMT), abrange as localidades de São Miguel e de Bicas, onde 1.047 utentes estão sem médico de família há mais de três meses.
O objetivo é exigir à tutela que "reponha a presença de pelo menos um médico de família para servir São Miguel do Rio Torto e Bicas" e também de serviços de enfermagem diários.
"Grande número de utentes é de idade avançada, com poucos recursos económicos e sem transporte próprio, e têm de se deslocar às consultas de recurso em Abrantes, a vários quilómetros de distância. Os transportes públicos em São Miguel passam de manhã e regressam só à noite, pelo que a atual situação implica um grande transtorno para doentes e familiares, com mais sofrimento físico e mais despesas", vincou.
"Estas pessoas descontaram uma vida inteira para poderem ter uma velhice tranquila e com acesso a cuidados médicos de proximidade, pelo que a tutela tem de encontrar uma resposta para resolver este problema", defendeu Luís Alves. (Lusa)

aqui

2015

Porque é que o raciocínio de 2015 não se aplica em 2019, pode explicar o cacique?

luís alves (2) - copia

ma

 

 



publicado por porabrantes às 10:47 | link do post | comentar

Há 3 vídeos para a reunião entre o Valamatos e o Povo de S.Miguel. Os três alegadamente com origem no Médio Tejo. Este,  o divulgado pelo sr. José Rafael Nascimento e ainda outro da transmissão em directo da sessão.

video jrn

veja-no na página daTubucci no face

video 2

vídeo s.miguel - copia

Também se pode ver no  face https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=2292417521033135&id=1721430874755104&hc_location=ufi

Na versão do youtube não estão editadas as imagens onde o povo grita: é mentira e o PC ameaça encerrar a reunião.

Omitimos comentários porque o povo é suficientemente inteligente para perceber.

Finalmente a falta de médicos e enfermeiros nas 2 freguesias, S.Facundo e S.Miguel tem um rostro, a cacique.

E o Valamatos diz que tinha o pelouro das freguesias e aparentemente estava a leste da situação.

mnn

  



publicado por porabrantes às 08:55 | link do post | comentar

Quarta-feira, 27.02.19

53020164_763805047332439_623000854714122240_n

 


tags: ,

publicado por porabrantes às 18:24 | link do post | comentar

Domingo, 24.02.19

Parece que vai haver uma reunião entre a Administração Regional de Saúde e o  PC para tentar resolver o problemado encerramento do posto médico de S.Miguel, que deixou 800 utentes sem médico.

Esperamos que a reunião não decorra assim: (...)

Na última reunião de CLAS foi discutida a situação da falta de médicos no concelho e o CLAS foi informado de uma reunião que se realizou entre a Câmara Municipal e o Director do Agrupamento de Saúde do Zêzere, da qual ficou acordado que haveria um reforço de médicos de família da consulta de Recurso no Centro de Saúde de Abrantes. A Presidente do CLAS informou que a situação não alterou, agravando-se, uma vez que chegou da Junta de Freguesia de Martinchel um ofício onde se constata que nesta extensão de saúde existe apenas médico uma tarde por semana, pedindo a médica desta extensão que os utentes se desloquem a Constância para obterem consulta, dado ela também dar consultas lá. Na freguesia de Vale das Mós não existe médico e esta semana até o serviço de apoio às receitas que era feito por um administrativo que se deslocava uma vez por semana a Vale da Mós deixou de existir. A Presidente do CLAS pediu ao Director do Agrupamento de Centros de Saúde do Zêzere, uma vez que este se encontrava presente, um ponto da situação sobre possíveis alterações havidas. O Director falou de uma forma muito exaltada, dizendo que tudo isto faz parte da campanha eleitoral, referiu a reunião havida com o Sr. Presidente da Câmara e a Vereadora Isilda Jana como uma reunião exaltada, em que o Sr. Presidente apresentou uma série de propostas que não faziam sentido nenhum, pois não respeitavam os actos médicos, como por exemplo a passagem de receitas sem consulta. Diz que, por enquanto, não há alteração que está a tomar providências necessárias para colmatar a situação e logo que possível irá ser dada uma resposta ao problema. Seguiram-se algumas intervenções que terminaram com a presidente do CLAS a afirmar que é ao Sr. Director que cabe procurar soluções para a situação que se vive e pô-las em prática. É só isso que a Câmara Municipal, as Juntas de Freguesia e sobretudo as populações querem (...)

acta da reunião do CLAS de 8 de Julho de 2009

isilda (2)

Recorde-se que se está de  novo em campanha eleitoral..

nb



publicado por porabrantes às 10:45 | link do post | comentar

Quinta-feira, 21.02.19

O Vereador da Esquerda, Armindo Silveira pronuncia-se sobre o encerramento dos postos médicos de São Miguel e de S.Facundo, que deixam os utentes dessas terras ao abandono....:

51286702_10155729966060583_8328223615971491840_n

 

 

Cuidados de Saúde Primários na Zona Sul do Concelho de Abrantes.
Recentemente abriu, em Rossio ao Sul do Tejo, a futura USF à qual foi atribuído o nome de Beira Tejo. Este equipamento vem substituir o anterior posto de saúde que deveria estar encerrado há muitos anos. Profissionais e utentes ficam a ganhar mas alguém fica a perder. Com esta abertura, a 30 de janeiro, foi colocado um aviso no posto de saúde de S. Miguel informando que a partir de 2 de fevereiro os utentes seriam atendidos em Rossio ao Sul do Tejo na futura USF. Os utentes foram "batendo com o nariz na porta" tal a rapidez do encerramento. Considero este processo muito pouco transparente e uma inqualificável falta de respeito para com a população. O encerramento é uma opção que considero errada e altamente discriminatória até porque não teve em conta as excelentes instalações fisicas em S. Miguel. Paralelamente, o facto do executivo municipal de maioria PS não defender o regresso dos profissionais de saúde à União de Freguesias de São Facundo e Vale das Mós é igualmente uma opção inaceitável pois, tal vimo em S. Miguel, aumenta as assimetrias, as desigualdades, os encargos financeiros das familias e diminui a possibilidade de investimento nestes territórios. As duas opções devem ser combatidas com todos os meios ao nosso alcance. Saliento que em Fevereiro de 2018 foi aprovado por unanimidade uma moção, na Assembleia Municipal de Abrantes, recomendando que diversas instituições entre elas o Sr. Pr. da República, o Sr. Ministro da Saúde, ARS LVT, o ACES Médio Tejo...movessem diligências para que os cuidados de saúde primários fossem prestados nas freguesias que não têm esses serviços. Posteriormente foi aprovado, por maioria e sem votos contra, moções do mesmo teor mas de âmbito local na UF de SMRT e RST e na UF de SF e VM. Diversas intervenções foram feitas nas reuniões de Câmara e até saiu, pelo menos, um comunicado de imprensa. Nunca ouvi nenhuma intervenção de algum vereador ou da vereadora da maioria a defender estas iniciativas. Aliás, até ouvi o contrário na penúltima reunião com o argumento que era um compromisso eleitoral. Mas, no programa eleitoral autarquico do PS 2017, não vi lá escrito que iriam defender o encerramento do posto de saúde de S. Miguel, nem que iriam defender a prestação de cuidados de saúde primários na Uf SF e VM. Ora, se o novo Pr. da Câmara afirmou que as politicas iriam ser de continuidade, considero que o renovado executivo continua a ser corresponsável pelo encerramento do Posto de Saúde de S. Miguel e o não regresso dos profissionais de saúde à UF de São Facundo e Vale das Mós.

Armindo Silveira



publicado por porabrantes às 20:28 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O assunto não deve ser p...

Não haverá médicos em S.F...

Ordem dos Médicos condena...

O mistério dos médicos pe...

Povo de S.Miguel força re...

Porque é que o raciocínio...

Três vídeos para uma reun...

Coisas urgentes

Uma reunião ''muito exalt...

Bloco condena o fecho dos...

arquivos

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds