Sexta-feira, 13.11.15

 

. Oremus pro Pontifice nostro N. N.

. Dominus conservet eum, et vivificet eum, et beatum faciat eum in terra, et non tradat eum in animam inimicorum eius.

 

. Tu es Petrus,

. Et super hanc petram aedificabo Ecclesiam meam.

visita.png

 

 

 

batiiogla.png

 

destacamos a reportagem da Irmã

''Ir. Palmira Gomes

 

Com o coração em festa e a Casa preparada e aberta, a Comunidade das Irmãs acolheu o dom de Deus na pessoa da Ir. Paula Battagliola, que visita as Casas das FMA da Província Portuguesa de Nª Sª de Fátima, em nome da nossa Madre geral, Madre Yvonne Reungoat.

Sentimos que o seu coração também irradiava alegria, festa e um pouco de ansiedade por nos encontrar, ao jeito de Maria de Nazaré, quando se encontrou com a prima Isabel.

A Ir. Paula chegou no Sábado, 5 de Setembro, pelas 19.00h e depois de uma breve visita à Igreja dedicada a Nª Sª das Graças e seus anexos e às instalações desta Casa Paroquial, onde vivemos, na sua simplicidade e estilo pobre, jantámos em fraterno convívio.

A visita, propriamente dita, começou com a Eucaristia Dominical no dia seguinte, 6 de Setembro, participada pela Comunidade Cristã da Chainça e animada pelo seu grupo de jovens e pelo coro que anima as Eucaristias Dominicais.

Depois da Eucaristia, a Ir. Paula encontrou-se com os jovens num simpático, aberto e profundo diálogo, fazendo propostas na linha vocacional no seguimento de Jesus, e como serviço missionário de voluntariado, partindo da pequena história da "Estrelinha Verde" e da sua experiência concreta como missionária em Timor.

No almoço de confraternização que se seguiu, esteve connosco o nosso Pároco, Cónego José da Graça. Aproveitando este momento, conversámos sobre a importância da presença das FMA para o povo em geral, para as famílias e sobretudo para a Catequese de crianças e adultos e animação litúrgica.

Neste mesmo dia à tarde, a Ir. Paula, depois de um momento de oração, abriu um diálogo fraterno, simples e espontâneo com as Irmãs sobre a atividade pastoral da nossa comunidade, interessando-se por saber quais as maiores dificuldades que sentimos no nosso trabalho e quais as oportunidades que podemos aproveitar para uma melhor evangelização desta porção do povo de Deus.

Seguiu-se o diálogo particular, no encontro pessoal com cada Irmã. Na partilha da Palavra da Lectio Divina, Lc 6, 36-38 inserida na oração de Laudes do dia 7 de setembro, o tema da Misericórdia serviu de reflexão comunitária.

Durante a manhã deste mesmo dia 7 fizemos um passeio pela cidade de Abrantes e arredores visitando os lugares mais significativos e históricos da cidade, como a Igreja Matriz de S. Vicente, a Igreja de S. João, o Castelo e seu jardim, o Rio Tejo e o Centro Geodésico de Portugal em Vila de Rei.

Neste mesmo dia, pelas 21.00h a Ir. Paula encontrou-se com a Associação de Maria Auxiliadora (ADMA) partilhando, com este bom número de leigos, o tema do Congresso de Maria Auxiliadora, realizado em Turim, no Contexto do Bicentenário de D. Bosco. A Ir. Paula animou este grupo ao amor cada vez mais empenhado a

No encerramento da Visita, a Comunidade manifestou à Ir. Paula a sua gratidão pela sua presença amiga, pelo seu testemunho de vida religiosa exemplar, de missionária corajosa, de irmã simples e misericordiosa.

Neste mesmo dia, pelas 21.00h a Ir. Paula encontrou-se com a Associação de Maria Auxiliadora (ADMA) partilhando, com este bom número de leigos, o tema do Congresso de Maria Auxiliadora, realizado em Turim, no Contexto do Bicentenário de D. Bosco. A Ir. Paula animou este grupo ao amor cada vez mais empenhado a Maria, como gesto de gratidão a Nª Sª por ter escolhido Portugal para anunciar ao mundo a sua mensagem de amor e paz confiada aos pastorinhos de Fátima.

No encerramento da Visita, a Comunidade manifestou à Ir. Paula a sua gratidão pela sua presença amiga, pelo seu testemunho de vida religiosa exemplar, de missionária corajosa, de irmã simples e misericordiosa.

 

 N.º 217 julho - setembro 2015

 

da página salesiana

 

com a devida vénia

 

Lamentamos que o clero e as freiras da Chainça não se vistam de acordo com as normas canónicas. Ao menos podiam fazê-lo para receber a Ilustre Madre Italiana.

Há que combater o laxismo post-conciliar

 

mn

 

.



publicado por porabrantes às 17:08 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Visitou a Chainça a Rever...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds