Terça-feira, 27.12.16

No Tribunal de Tomar

 

3510560 Entrada:
27/12/2016
Distribuição:
27/12/2016
Autor: Ana Isabel Navalho Roseiro Gaudêncio Francisco
Réu: Saov - Sociedade Agricola Ouro Vegetal, Sa
Tomar - Inst. Central - 2ª Sec.Trabalho - J2 1996/16.6T8TMR

Valor:
135 441,72 €
Ação de Processo Comum
Entrega Electrónica - Refª 24448420

tags:

publicado por porabrantes às 21:04 | link do post | comentar

Quarta-feira, 03.06.15

O Expresso destaca azeite Quinta do Pouchão, propriedade do eng. António Augusto Tavares  (administrador da Renova) e irmãos, grande amigo do eng. António Guterres, que no casamento do grande proprietário rural ainda tinha bigode.

bigode..jpg

O jornal do Pinto Balsemão refere ainda que a empresa que mantém arrendada aquela quinta (uns 400 hectares, o maior latifúndio do Sardoal) teve um azar com a morte do sr. Ilídio Francisco, falecido num acidente de trabalho, mas não refere o papel polémico dos bombeiros municipais no socorro ao acidentado.

O sr. Serralha, um dos gestores da empresa, SAOV disse ao Mirante, então:

24875.jpg

'' Pelo que lhe contaram, Ilídio Francisco desceu ao poço para ajudar os bombeiros no decurso das operações de salvamento dos três homens e acabou por também cair à água. “Esteve meia hora a pedir socorro. Ainda mandaram um cinto para o puxar, mas o equipamento caiu no fundo do poço. Depois chamaram os mergulhadores. Ninguém desceu enquanto eles não chegaram. Foi demasiado tempo. Não se admite que tivessem salvo três pessoas numa hora e depois, em meia hora, não conseguissem tirar o meu sócio”, diz revoltado.
Os bombeiros retiraram o trabalhador, Victor Gonçalves e Alberto Serralha, mas acabaram por não conseguir salvar Ilídio Francisco. “Enquanto estive dentro do poço nunca entrei em pânico e só pensava em salvar o meu amigo. Mas se tivesse ficado sozinho como o Ilídio não sei como reagia. Ele gritava por ajuda e vários bombeiros iam apelando para que mantivesse as forças. Quando desceram para o salvar era tarde demais”.
Apesar de terem sido deslocados para o local 36 bombeiros, Alberto Serralha considera que não foi feito tudo o que poderia ser feito. “Se tivessem atirado uma corda com um laço pelo menos podiam ter mantido o Ilídio suspenso e não se afogava”, desabafa'' (...)

 

com a devida vénia ao Mirante

 

36 bombeiros para salvar um homem e flop!!!!

 

quem era o comandante????

 

Falemos de coisas importantes, damos os parabéns ao eng. Tavares e à SAOV.

 

Também damos ao Município do Sardoal, onde fica situada a propriedade agrícola.

mn

 

O Expresso engana-se na localização da Quinta, fala em Abrantes mas fica no Sardoal, e antes de passar à família Tavares, foi propriedade da Casa Agrícola Mattos Tavares & Simão (juntamente com o Tainho). Estas quintas foram compradas à família Temudo por essa sociedade. O Pouchão foi ainda propriedade do Morgadio da Casa Grande do Sardoal, até que umas das mais sonoras falências do século XIX, protagonizada por um Coutinho fez aquilo estourar....

Roga-se ao eng. Guterres (com ou sem bigode), accionista fundador do Expresso, com quota de 5 contos, que mande corrigir o dislate     



publicado por porabrantes às 15:32 | link do post | comentar

Domingo, 17.03.13

No cumprimento do direito de resposta publicamos o comentário do Sr. Serralha. Tardámos um par de dias porque foi necessário procurar  algumas fotos para ilustrar os nossos comentários às questões postas pelo Sr. Serralha

Alberto Serralha  disse sobre PS com os azeites na Sexta-feira, 15 de Março de 2013 às 16:51:

     

Exmo Sr.

Cumpre-me esclarecer duas situações:

1 - Á semelhança dos lotes 24, 25 e 26 que são nossa propriedade, o lote 27 também será comprado e não oferecido pela autarquia, sendo perfeitamente desadequado o titulo da noticia em questão.

2 - Não é verdade que o politico em questão tenha visitado a nossa empresa assim como nenhum outro embora frequentemente tenhamos solicitações nesse sentido vindas de várias facções políticas. Sempre recusámos e recusaremos esse tipo de situações. O nosso negócio é azeite, não é política e por isso em 8 anos de existência sempre procurámos ser discretos e manter-mos a distância que entendemos adequada neste tema em concreto.

3 - Relativamente a cota de mercado, temos a nossa, que é fruto dum trabalho de 8 anos com muito sangue suor e lagrimas. Evidentemente quantitativamente é incomparável com outras empresas.

Melhores cumprimentos,
Alberto Serralha

 

 

Caro Sr. Serralha,

 

Obrigado pelo seu comentário. Gostamos de gente  capaz de responder a um post, e também capaz de criticar a alegada inépcia dos bombeiros municipais de Abrantes aquando da morte trágica do sr. Ilídio  em 2009 na Quinta do Pouchão.

 

 

Respondemos agora às questões que suscita: 

 

 

1-Disse-se no texto questionado, retirado do Mirante, que a CMA deliberara  aprovar a candidatura da SAOV a adquirir o Lote 27 com base em:

 

''A autarquia justifica a decisão uma vez que considera a SAOV, criada no ano de 2004, como uma das empresas líder na fileira dos azeites, “não só concelho de Abrantes como também a nível nacional”, sendo o azeite “Cabeço das Nogueiras” uma das suas imagens de marca. A autarquia também sublinha o facto dos azeites produzidos por esta empresa terem sido várias vezes premiados em concursos nacionais e internacionais, sendo comercializados para o continente (70%) e para o estrangeiro (30%).''



E refutou-se ironicamente o argumento usado pela CMA para fundamentar a decisão dado que é obvio que a SAOV não é líder nem no mercado nacional nem local. Também é certo que tendo sede em Abrantes, terra onde o Gallo canta, só dificilmente o poderia ser.


Não sei quem escreveu o texto do Mirante. Não sei qual a fundamentação deste acto administrativo.


Imagine o Sr.Serralha o desleixo desta gente. Não há nenhuma acta publicada on-line do ano 2013...

Assim não posso conhecer a fundamentação jurídica do acto referido......


Em economia para se poder funcionar competitivamente deve reinar a lei do mercado, e isso implica concurso público para a venda de qualquer terreno municipal a que todos possam concorrer.


Ou seja que, quando venderam o Casal Curtido, que eu ou o Senhor tivéssemos tido possibilidade de concorrer com o famigerado Alves que contratou Nelson Carvalho.

 



2-Em relação a este ponto as coisas são mais delicadas. Transcrevo o comunicado inserido na página do  PS de Abrantes, então liderado pela ''Chefa''.

 

 

ANTÓNIO JOSÉ SEGURO EM ABRANTES

 

Sábado, 10 Março 2012 14:58

O Secretário-Geral do Partido Socialista escolheu Abrantes para assinalar o Dia Internacional da Mulher, celebrado a 8 de Março.

António José Seguro foi recebido na Câmara Municipal, local onde a Presidente, Maria do Céu Albuquerque, lhe entregou o foral da cidade.

Ambos salientaram a necessidade de continuarmos a defender políticas de Igualdade.

Maria do Céu Albuquerque evocou Maria de Lourdes Pintassilgo, estadista e humanista natural de Abrantes e salientou as políticas de promoção de igualdade do género dinamizadas localmente.

Acompanhado pela presidente do partido, Maria de Belém Roseira, o Secretário-Geral visitou a empresa Vieira Alves Metalomecânica, cuja gestão está cargo de Emília Alves. Esteve no Inovlinea (Tecnopolo), onde participou numa prova de Azeite da Sociedade Agrícola Ouro Vegetal , cuja Sócia Gerente é Ana Francisco.

Integrou a comitiva o Deputado Jorge Lacão, a Presidente da Concelhia, Isilda Jana, a Deputada Elza Pais, que foi SE da Igualdade na anterior legislatura e outros Deputados do PS.

Juntando a isto as fotos que anexo:
    
E finalmente uma imagem do lagar da SAOV
 saov

Parece-me que  face ao que diz o PS de Abrantes e face às fotos pouco mais tenho que acrescentar. A não ser que a Srª Drª Albuquerque exibe nas suas delicadas  mãos uma garrafa de uma óptima pomada...que a minha vista parece identificar com o Rosé do Casal da Coelheira, propriedade do  Nuno Falcão, peticionário anti-cubo, e criação do seu talento de brilhante enólogo.

 

Acho mal a promiscuidade entre empresários e políticos, mas não tenho nada contra o Sr. Dr. Seguro. Estou certo que ele apreciou o Rosé. Quanto ao Dr. Lacão e à Srª Drª Albuquerque, são dispensáveis. 

Finalmente não resistirei a acrescentar que a Directora Comercial da SAOV  Srª D.ª Ana Francisco terá alegrado novo acto político na Quinta da Coelheira a 20 de Março.

 

Para que a Presidenta fique com os azeites cabe-me ainda dizer que estamos fartos de aturar as suas disparatadas afirmações sobre a política da Ditadura, íntima de Marcello Caetano, Maria de Lourdes Pintasilgo. Enquanto a fofa Lourdinhas bebia chá com o Ditador, reinava a censura, apodreciam os presos em Caxias, prosseguia uma política colonial iníqua que a fofinha defendia na ONU e Mário Soares estava no exílio.

 

E para que fique ainda mais com os azeites, dizemos-lhe que se deixe de palavras e ao menos restaure esta casa

 

    fotos Néne e Paulo Gonçalves

 casa natal da política marcelista Lourdes Pintasilgo e do jornalista da ''Época'' , José Manuel Pintasilgo*

 Os nossos cumprimentos,

Miguel Abrantes

PS-O Noronha está na Procissão do Senhor dos Passos, de opa roxa, como cabe à sua condição social de beato 

 

* para ser digno do género de Igualdade que defende a Presidenta haverá que referir irmão e irmã



publicado por porabrantes às 17:45 | link do post | comentar

Quarta-feira, 13.03.13

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A CMA acaba de decidir ''ajudar'' a Sociedade Agrícola Ouro Vegetal, S.A. (SAOV).



Diz o Mirante e dirão outras páginas ''

A Câmara Municipal de Abrantes aprovou a candidatura apresentada pela Sociedade Agrícola Ouro Vegetal, S.A. (SAOV) com vista à aquisição, a título definitivo, de um lote localizado no Parque Industrial Norte de Abrantes, com a área total de 2,250 metro quadrados. Trata-se do lote de terreno adjacente às instalações da empresa e que será utilizado para ampliação desta, nomeadamente como área de recepção e armazenamento de azeitona e o seu natural crescimento.

A autarquia justifica a decisão uma vez que considera a SAOV, criada no ano de 2004, como uma das empresas líder na fileira dos azeites, “não só concelho de Abrantes como também a nível nacional”, sendo o azeite “Cabeço das Nogueiras” uma das suas imagens de marca. A autarquia também sublinha o facto dos azeites produzidos por esta empresa terem sido várias vezes premiados em concursos nacionais e internacionais, sendo comercializados para o continente (70%) e para o estrangeiro (30%).''.



Como se vê no documento reproduzido acima a SAOV através da senhora D.Ana Francisca foi anfitriã do Tó Zé Seguro numa visita oficial a Abrantes, uma iniciativa de cunho abertamente partidário, que incluiu o uso quase pornográfico de instalações públicas (a CMA) para uma iniciativa marcada pela pura partidarite. 


Utilização que foi objecto dum  violento e acertado comunicado da concelhia do PSD e que teve como resposta um aparvalhado comunicado de resposta do PS.


As justificações encenadas para ajudar a SAOV são pífías.


Dizem que  a empresa é líder na fileira dos azeites.....


Pois bem passo palavra à Rita Vilaça : ''

Segundo Rita Vilaça, o consumidor Gallo é… qualquer um que consuma azeite. A visão é assim chegar a todo o lado, e «hoje em dia é a 5.ª marca mundial», o que é um aumento considerável desde há seis anos a esta parte, onde a marca se encontrava na 9.ª posição. O objectivo é continuar a subir? A responsável afir-ma que «ambicionamos, para já, o terceiro posto». Outras subidas não são ainda tidas em conta: «um passo de cada vez. Daqui a uns anos talvez possa ser diferente a conversa».

Em termos que quotas de mercado internas, e segundo dados Nielsen fornecidos pela empresa, o azeite Gal-lo no YTD 2010, à semana 40, detém 21,5% e o Condestável 5,1%. Já agora, diga-se que a concorrência apresenta, neste mesmo período, o Oliveira da Serra com 15,5%, o Andorinha 0,1%, e as marcas da distribuição 29,3%. Por falar nisso, as MDD são uma hipótese? Rita Vilaça afirma que, apesar de já o terem feito, não está nos planos fabricar mais MDD: «somos uma empresa que sabe como dinamizar marcas. É essa a nossa aposta».''

 

 

Diz-me o gajo/a que redigiu a prosa municipal qual é a quota de mercado da SAOV????

 

 

Ou não sabe????

 

Ora nós sabemos qual foi a data e o horário da visita do Sr. Dr. Seguro à SAOV.....

 

 

Pois, pois....

 

 

Miguel Abrantes

 

créditos: o nosso homem do Rato arranjou-nos o comunicado do PS, se a SAOV quiser alguma coisa para o amigo do eng.Guterres é só dizer...


tags: , , ,

publicado por porabrantes às 09:44 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Tribunais trabalham no Na...

Expresso destaca azeite d...

Política e azeites

PS com os azeites

arquivos

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

são domingos

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds