Quarta-feira, 10.10.12

 

 

foi reposta na Raimundo Soares haverá 2 dias pelo conceituado empresário Sr.Jorge Dias

 

 

Aplaudimos os nobres animais que deram o melhor do seu talento artístico.

 

 

Suzy de Noronha 



publicado por porabrantes às 15:30 | link do post | comentar

Terça-feira, 09.10.12

1910 -Os burros podem circular, estava já em vigor a Postura de 1902

 

  infelizmente a foto não é abrantina

 

 

primeira década do século XXI (salvo erro)- a CMA diz numa acta que a Postura de 1902 está em vigor , com assessoria do jurista municipal num caso envolvendo o nosso amigo Arq. Doutor D. António de Ataíde Castel Branco, sobrinho neto do Visconde da Abrançalha, contemporâneo da postura (o nobre Visconde e não o aristocrático arquitecto)

 

 

 

não respeitando a postura ,  a PSP incomoda a burricada do sr.Dias.

 

Se foi alguém da CMA que esquecendo a posturazinha ''em vigor'' segundo eles e que chamou a PSP, não informando a Polícia que esta estava em vigor e permitia o tráfico asinino, que figura jurídica tipifica a sua acção ????

 

Ficamos a aguardar comentários do Senhor Dr. Bento Pedro.

 

M. de Noronha, jurista

 

Foto do Facebook 

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 19:47 | link do post | comentar

Continuam as ondas de choque sobre a burricada de ontem.

 

 

Leia aqui a nota do Mirante

 

 

foto  Mirante

 

 

O Sr. Dias terá sido afastado da Raimundo Soares porque podia impedir a entrada nos Paços do Concelho.

 

E pergunta a malta, depois de ver as fotos, se é assim também por estas bandas prejudicava o acesso à CGD.

 

 

Qual é a norma jurídica usada para proibir o acesso  à Raimundo Soares de burros?

 

Não há nenhuma, disse-me um jurista.

 

Entretanto um autarca situacionista estava muito ofendido não pelo tráfico de burros, mas pelo número ''simbólico'', segundo ele, de burros que o Sr.Dias pastoreou.

Estava a insultar a maioria!!!!

 

Porquê?

 

Há 5 edis situacionistas na maioria e 5 burros na via pública, a alusão é clara e insultuosa.

 

Porquê?

 

Os números têm o seu simbolismo, não são neutros. Não se lembra daquela vez que o Presidente da A. da República disse que o 69 era um curioso número?

 

Não pode ser isso, o João Bosco tem voto de castidade.

 

Acho que a maioria tem de meter uma acção de difamação zoológica contra o sr. Dias!!!! A inteligência maioritária foi posta em dúvida!!!!

 

 

Só agora????

 

M.Abrantes

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 11:37 | link do post | comentar

Sábado, 09.04.11

José Eduardo Alves Jana era filósofo (perdão mestre em filosofia, filósofo era...... ) 

 

 

 

e Nelson Carvalho porque para ser filósofo faz falta bigode e Alves Jana complementa o dito ( a Chefa adora bigodes) com barba e um filósofo verdadeiro como o Super-Filósofo

 

 

teutónico não o complementa com barba e  tem obrigações como andar assim vestido

 

 

 

e o Sr. Cónego Graça não deixaria o super-católico Alves Jana entrar assim na missa  de São Vicente porque alguma beata que soubesse inglês podia chatear-se e não testar a favor da paróquia, por isso entre Deus e a Filosofia, escolheu o Padre Eterno e  teve de arranjar outro modo de vida para complementar a reforma (e não sei que mais)......, procurou e 

 

encontrou a compatibilidade na Fé, no Comércio e na fidelidade ao Cónego no coaching ......tendo para isso formado a empresa comercial.....

 

 

 ALVES JANA, UNIPESSOAL LDA ,

 

 

não sei o que é o coaching, mas acabo de ler na Visão desta semana, página 114, que no Algarve há uma senhora chamada Inge de Haan, chefa da Associação '' Orelhas sem Fronteiras'' que usa burros para fazer coaching.  

 

Estes são alguns dos simpáticos asnos algarvios que fazem coaching sem  fronteiras

 

 

e agora chega a minha dúvida (metafísica) pode triunfar a empresa de Alves Jana sem burro?

 

Parece-me que não.

 

Venho por isso rogar ao Sr.Dias, dono do Jerico, que o venda a Alves Jana para promover o coaching na Cidade:

 

 

 

Estou certo que o bom coração do Sr.Dias cederá o Jerico para promover o comércio no centro histórico.....

 

A bem do Comércio

 

Suzy de Noronha



publicado por porabrantes às 13:38 | link do post | comentar

Quinta-feira, 11.11.10

Protesto com burro não vai a tribunal

Ministério Público arquivou queixa-crime contra empresário que protestou à porta da Câmara

O processo de difamação que a Câmara de Abrantes moveu contra um empresário que protestou de burro em 2009 junto aos serviços da autarquia foi arquivado pelo Ministério Público (MP), foi anunciado esta quarta-feira, escreve a Lusa.

 

Jorge Ferreira Dias, 54 anos, empresário de construção civil, protestou de burro à porta da Câmara pela «absoluta asfixia financeira» em que disse se encontrar, acusando a autarquia de promover uma «perseguição» aos seus projectos e alertando para situações de «falsificação de documentos, burla e pedidos de comissões», por parte da instituição.

Burro

 

No seguimento daquele protesto público, a Câmara de Abrantes, então presidida pelo socialista Nelson de Carvalho, decidiu apresentar uma queixa-crime contra o empresário para «defesa do bom nome» da Câmara e para o «apuramento cabal de responsabilidades pelas afirmações proferidas».

Segundo se pode ler no despacho de arquivamento, os actos e expressões utilizadas por Jorge Dias são uma «manifestação de liberdade de expressão numa sociedade que se deseja plural e democrática, sendo um desabafo público de frustração resultante dos graves prejuízos para a sociedade de que é sócio gerente».

Em declarações à Lusa, Nelson de Carvalho afirmou não ter ficado surpreendido com a decisão do MP de arquivar o processo, acrescentando que o protesto do empresário «teve acusações públicas graves, como a da falsificação de documentos, e essas suspeitas teriam de ser materializadas em provas».

«Por outro lado», continuou, «prendeu um burro à porta de um atendimento de serviço público, bloqueando a entrada, no que configura um comportamento inadmissível e que, eventualmente, incorreria também em moldura penal».

Para o autarca, a decisão do MP foi «encarada com naturalidade», tendo acrescentado que «a Câmara tinha de marcar a sua posição».

Em declarações à Lusa, Jorge Ferreira Dias disse ter ficado «satisfeito» com a decisão de arquivamento do processo, tendo afirmado que a mesma «dá alento e prova que a justiça ainda está a funcionar».

O empresário assegurou que vai «continuar a lutar» por aquilo a que diz ter direito, tendo afirmado ir pedir à autarquia uma indemnização pelos «milhões de euros de prejuízos» causados por uma situação que, reafirmou, «foi originada por burla, pedidos de comissões e falsificação de documentos».

«Tenho provas de tudo o que afirmo e a Câmara em vez de meter processos em Tribunal contra um cidadão que apresenta uma denúncia devia era investigar o que se passa em relação a alguns dos seus funcionários», observou.

Jorge Dias assegurou que voltará com o seu burro para a porta da Câmara «muito em breve» caso a autarquia «não reveja os processos e chame à responsabilidade quem está lá a cometer vigarices».

 

O empresário, que foi notícia por não cortar a barba há três anos em «manifestação de protesto», hoje com mais de 30 centímetros de comprimento e a que se juntou o filho, de 26 anos, «por solidariedade», reafirmou à Lusa que só o fará quando a sua vida «se endireitar» e até que possam, os dois, «andar de cara lavada em Abrantes».

 

com a devida vénia em http://diario.iol.pt (aqui)

 

 

Os nossos comentários (cínicos):

 

a) O Jerico é um asno inteligente,

 

porque na mesma notícia há um quadro que fala de asnos ''burros''

 

LEIA MAIS:

 

 

E o dono do Jerico, sr. Dias não o conduz com excesso de trotil (senão o Jerico mudava logo de dono) e o nosso amigo de quatro patas não tentou aprender a voar.

 

b) Não podemos dizer o mesmo acerca da inteligência do empregado do Barão (ò sr. Carvalho quantos  cms cresceram os eucaliptos esta semana?)

 

A decisão de processar o burro e o dono só revela a falta de inteligência política do ex-edil. Revela também que não  andou num seminário franciscano como o António Colaço mas num seminário inquisitorial.

 

Se tivesse andado num seminário franciscano como o padre Serras Pereira teria abraçado o asno e dito '' Irmão burro''. São Francisco falava de irmão lobo, irmão gato, etc.

 

Para evitar que o Carvalho nos processe esclarecemos paternalmente, que estar a dizer que ele devia tratar o Jerico por ''irmão burro'' não significa que o empregado do Curtido seja familiar genético do animal irracional, mas que devia seguir a postura ética dos franciscanos, de que são exemplo a actividade do António Colaço, de Frei Ventura e de Frei Nuno Serras Pereira.

 

 

c) O Carvalho e o PS e a maioria da CMA apanharam um valente par de coices.

 

(produzido pelo Atelier 55 que oferece na Net magníficos produtos de artesanato lusitano ).

 

Ver http://www.atelier55.blogspot.com/

 

 

c) o grave é o que diz o Sr. Dias ''O empresário assegurou que vai «continuar a lutar» por aquilo a que diz ter direito, tendo afirmado ir pedir à autarquia uma indemnização pelos «milhões de euros de prejuízos» causados por uma situação que, reafirmou, «foi originada por burla, pedidos de comissões e falsificação de documentos».

 

Acerca disto o empregado do Barão e a D.Maria do Céu nada dizem. Ora já há indícios mais que suficientes (avalizados com uma acusação do MP contra Júlio Bento) para desencadear uma investigação interna na CMA para saber o que se passa!!!!!

 

E a Oposição deve exigi-la!!!!!

 

d) Quem terá sido o/a   jurista que aconselhou a CMA a agir assim. Merece o dinheiro que lhe pagam?

Merece euros para a tornar a CMA alvo da gozação de todo o país?????

 

in blog bola.

 

( já a comprei para vestir nos raros dias em que leio o blogue do Pico!!!!)

 

 

e) como adeptos da ética franciscana, bebida nos textos de Frei Nuno Serras Pereira (alvo de um processo por difamação absurdo, do comportamento cobarde do Padre Tropa e absolvido pela Veneranda Relação), devemos auxiliar o empregado do Barão, a D. Maria do Céu, o  arq. Salvador e o partido da Chefa.

 

Podem recorrer do despacho de arquivamento e se isso fôr cair ao 1º Juízo, talvez tenham sorte!!!!

 

É o que dizem as estadísticas judiciais abrantinas! Tencionamos falar do 1º Juízo!!!!!

 

Marcello de Ataíde e Noronha, devoto de São José Maria de Balaguer, adepto da ética franciscana,

 

e nisto chega o Miguel Abrantes, ainda a cheirar a um perfume brasileiro e a elogiar a gata de ontem à noite.

 

E começa a protestar contra o franciscanismo:

 

O Sr. Dias, o que tem a fazer é sentar o empregado do Barão

 

e o resto dos denunciantes no banco dos réus por

 

denúncia falsa!!!!

 

Era o que eu fazia se alguém me difamasse e dissesse que eu tinha tido um caso com uma gorda monumental, mesmo que fosse brasileira e filha dum coronel metalúrgico

 

 

Respeito a opinião do dr. Abrantes, porque é o meu chefe, apesar de ser um devasso.

 

Marcello de Noronha e Ataíde, da Obra

 

 

 

 

 



publicado por porabrantes às 07:54 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

A revista preferida de Ma...

Pela liberdade de circula...

Cinco Jericos

Deve o Jerico ser comprad...

Jerico dá coice no empreg...

arquivos

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Maio 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



27
28
29
30

31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds