Quarta-feira, 25.02.15

Local

spacerSantarém » Abrantes   

Cinema em Abrantes

 
Morada:   Travessa do Chafariz, Abrantes
Não Aplicável
Nuno
goncalobronze@hotmail.com
04/03/2014
Boa tarde. Sou habitante do Centro Histórico de Abrantes desde 2011. Vim de Lisboa e arranjei nesta cidade trabalho na minha área. Tenho ouvido rumores acerca da abertura de uma sala de cinema com filmes actuais no centro histórico e gostaria de saber se existe mesmo essa possibilidade ou não passa de um rumor. Na minha opinião e de pessoas com quem falo, seria uma excelente forma de desenvolver a cidade e de puxar as pessoas da região para o centro histórico que se encontra bastante vazio. Com isso, todo o comércio vizinho poderia vir também a beneficiar desta situação. O cinema é algo que todos nós gostamos, é a sétima arte, mas neste concelho possui oferta quase nula.

 

 

A CMA disse que ''resolveu'' o assunto assim:

Resolvido em: 18/03/2014
Observações:
A situação reportada não se insere no tipo de assuntos a sinalizar através deste portal. De qualquer modo o assunto será encaminhado para análise, sendo que a sua tramitação e conclusão não se farão por via desta plataforma. Câmara Municipal de Abrantes, 18 março 2014

 

 

Como toda a gente sabe, como criticou na folha gratuita a Presidente da Palha de Abrantes, como denunciou na Barca o historiador Gaspar, como tem sido referido neste blogue, como em declaração dura e justa salientou o Grupo da CDU na Assembleia Municipal de Abrantes, como denunciou o Bloco de Esquerda na mesma Assembleia, o assunto foi resolvido com a expulsão do Espalha-Fitas do Teatro São Pedro e com o financiamento público (com voto contra do Vereador da CDU) a um empresário privado que explora um cinema comercial num bairro mal frequentado, caracterizado por uma frequente insegurança, fora do centro histórico.

 

A nossa pergunta é: já em 18-3-2014 estavam a delinear a expulsão do Espalha-Fitas do São Pedro e a planear a história do Vale das Rãs ????

 

MN 

 

fonte: a minha rua



publicado por porabrantes às 16:06 | link do post | comentar

Sábado, 21.02.15

DECLARAÇÃO DA CDU SOBRE O CINETEATRO SÃO PEDRO NA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ABRANTES

O CINE-TEATRO S. PEDRO é um dos exlibris da cidade de Abrantes. Transporta consigo toda uma cultura da arte cinematográfica, do teatro, da música e de outras artes do espetáculo.

Gerido, nos últimos anos, pela Câmara Municipal de Abrantes, fruto de uma concessão, viu findar a projeção de cinema comercial, mantendo-se no entanto, todas as semanas, às 4ª feiras, as sessões de cinema do Cine Club...e Espalhafitas, uma secção de cinema da Palha de Abrantes – Associação de Desenvolvimento Cultural, bem como de outros espetáculos e eventos.

Sabemos que a Câmara Municipal resolveu pôr fim à projeção das sessões do cine clube Espalhafitas no Cine-Teatro S. Pedro, uma decisão, no nosso entender, algo contraditória e obscura.

A CDU considera que é competência da Câmara Municipal manter e melhorar o património cultural e físico consubstanciado no Cine-Teatro São Pedro.

Não fazemos esta consideração por acaso, a maioria dos cine clubes, em Portugal, têm casa em edifícios municipais – os Cine-Teatros, o que confirma o papel que, a nosso ver, os municípios devem ter no apoio à Arte do Cinema.

Acrescente-se ainda que a saída da arte cinematográfica deste espaço irá contribuir também para uma maior desertificação do centro histórico da cidade, sabendo nós que esta é, uma das grandes preocupações da câmara.

Por outro lado a manutenção do Cine-Teatro São Pedro reveste-se de relevante importância dado que, é ministrado na Escola Superior de Tecnologia de Abrantes – ESTA, a licenciatura de Vídeo e Cinema Documental, podendo ser, se é que já não é, um espaço de enriquecimento educativo.

Face ao exposto, a CDU entende que:

• Se mantenham e desenvolvam todas as atividades artísticas – Cinema, Teatro, Música e outras, que fazem parte do património cultural do Cineteatro S. Pedro.

• O Espalhafitas continue a desenvolver as suas atividades no Cine-Teatro S. Pedro, atendendo à sua intensa e meritória atividade desenvolvida ao longo dos anos, não só a nível das projeções do Cine Clube, mas também na formação, promoção e divulgação da 7ª Arte.

Abrantes, 20 de Fevereiro de 2015

Os eleitos da CDU na Assembleia Municipal de Abrantes

 

estamos perfeitamente solidários com a posição da CDU, que é a posição dos abrantinos que defendem esta cidade e não obscuros interesses privados

a redacção

PS-Voltaremos ao assunto



publicado por porabrantes às 19:58 | link do post | comentar

Domingo, 01.02.15

 regulamento 2.jpg

 

 

Na Barca, o Gaspar, que fazia parte do bloco social  clientelar de apoio à situação, ataca timidamente a Céu, o Vereador da Cultura e a irresponsável decisão de expulsar o Espalha-Fitas do Teatro São Pedro.

Deixar o centro histórico sem cinema, é dar uma cavadela mais para o sepultar.

Há outra pergunta, a tentativa camarária de expulsar o Espalha-Fitas do cine-teatro podia objectivamente ser interpretada como uma forma de tentar viabilizar a exploração doutro cinema por um empresário privado?

E há outra questão, a CMA está obrigada pelo contrato de comodato, com a Iniciativas, dona do imóvel do S.Pedro, a manter o teatro em bom estado de conservação. E o teatro apresenta esta fachada indecentemente abandonada

s.pedro artur.jpg

 Foto desviada ao nosso amigo Artur Falcão, que vem fotografando a cidade como ninguém. Obrigado Artur!

ma

 ps-O Gaspar traça a história do Espalha-Fitas e omite a presença do eng.José Albuquerque Carreiras na fundação do Cine-Club,  vá perguntar à cara Maria de Lourdes Martins, que é a mulher que mais tem feito pela Cultura em Abrantes nas últimas décadas , e a Lourdes pode refrescar-lhe a escassa memória. De qualquer forma batemos pala ao Gaspar, ò maravilha das maravilhas!!!! Vivó Gaspar!  



publicado por porabrantes às 13:01 | link do post | comentar

Domingo, 21.12.14

Cinema no Teatro São Pedro, como deve ser, em exibição a Terra dos Carecas

 

s.pedro I.jpg

 uma realização do ''Espalha-Fitas'' que ao longo dos anos de enorme devoção cinéfila soube construir um público sabedor e fiel e também graças à acção de Maria de Lurdes Martins uma Escola de Cinema

s.pedro 2.jpg

 A CMA quer, com a conivência objectiva do ético pasquim, propriedade daqueles senhores, que a imprensa séria, como o Correio da Manhã e o Sol, dizem ser amigalhaços do Sócrates, que o Espalha-Fitas passe para um empreendimento privado, num bairro frequentado por marginais, num atentado óbvio à cultura e à regeneração do centro histórico.

 

A este ritmo aguarda-se que a famosa Torre do Careca ( para alojar o MIAA) seja também deslocalizada para o Vale dos Batráquios.

 

Roubei estas fotos ao nosso amigo e deputado da Esquerda, Armindo Silveira.

 

MA

objectivamente quem favorece o capitalismo dos amigalhaços não é da esquerda, é socrático- dizia Aristóteles a Alexandre Magno 

 



publicado por porabrantes às 22:08 | link do post | comentar

Sexta-feira, 19.12.14

Bolas nem na quadra natalícia trégua nos dão!

Os Municipais ,através do douto Vereador da Cultura, querem mandar o Espalha-Fitas, o cine-clube abrantino, do centro da cidade, ou seja do cinéfilo São Pedro (onde cresce o musgo na pala da entrada, é mister do gerente das Iniciativas, dr. Luís  Moura Neves Fernandes ralhar com a CMA) para o cu de judas ou seja para o Vale das Rãs, pró Millenium, um sítio que estava sempre a ser assaltado pela ciganagem e afins, onde o Sr.José de Almeida é agora feliz concessionário, depois de atribulada candidatura, que falhou no concurso público..

 

s.pedro.png

 

 Terminar as sessões de cinema no centro da cidade é dar mais um passo para assassinar o centro histórico, entregue cada vez mais à insegurança e ao vazio.

 

Manifestamos a nossa solidariedade a todo o colectivo de voluntários que mantêm a sétima arte viva no centro de Abrantes.

s.pedro.jpg

E condenamos naturalmente o ajuste directo, como  é nosso timbre e larga tradição.

a redacção

imagem:igogo



publicado por porabrantes às 21:51 | link do post | comentar

Sexta-feira, 30.05.14

 

 

Este bonito palacete arruinado, foto dos finais dos anos oitenta, decorado com as águias do Benfica, esteve para ser a casa do Sr.Fernando Simão. Vivia ele na Quinta da Gonçalinha, em Alferrarede e pensava mudar-se para Abrantes (como se mudou) e pensou comprar o casarão e restaurá-lo, devendo ser o Arquitecto, Duarte Castel-Branco, que já fizera a casa do sr.Nuno Simão em Alferrarede. 

O negócio e portanto o projecto não se fez porque as normas de protecção ao Património (o imóvel está na zona de protecção da Igreja de S.João, monumento nacional agora de propriedade particular) eram no Estado Novo muito duras e obrigavam a exigências que o cliente do Arquitecto não estava disposto a assumir.

Com a democracia, a rebaldaria liberalizadora propiciou que haja na zona de protecção doutro Monumento Nacional, São Vicente, uma antena para telemóveis em cima do Teatro São Pedro, que quiseram classificar como Imóvel de Interesse Público, com antena incluída.

Às vezes acho que o salazarismo autárquico era mais sério que o facilitismo actual 

 

MN

 

Agradece-se a colaboração do  Arq. Duarte Castel-Branco

 



publicado por porabrantes às 19:54 | link do post | comentar

Segunda-feira, 11.04.11

Como é sabido este blogue falou  várias vezes  da situação  do Teatro São Pedro.

 

Entretanto cometi o pecado mortal de deixar de ler as actas municipais porque isso prejudicava a minha assiduidade ao Trombinhas.

 

Entretanto mandei o Noronha recuperar o tempo perdido e fazer um resumo das actas de 2011.

 

Apareceu-me ele com isto:

 

 DEPARTAMENTO DE INTERVENÇÃO SOCIAL
Divisão de Cultura, Museus e Património
N° 3 - Proposta de Deliberação da Presidente da Câmara, respeitante à
Informação Nª 308/AS/10, da Divisão de Cultura, Museus e Património, datada de 16 de
Dezembro de 2010, dando conta que findou o prazo de consulta pública, previsto nos
termos do artigo 118° do CPA, do projecto de Regulamento de Utilização do Cineteatro S. Pedro,
publicado na 2 ª DEPARTAMENTO DE INTERVENÇÃO SOCIAL
Divisão de Cultura, Museus e Património
N° 3 - Proposta de Deliberação da Presidente da Câmara, respeitante à
Informação NO 308/AS/10, da Divisão de Cultura, Museus e Património, datada de 16 de
Dezembro de 2010, dando conta que findou o prazo de consulta pública, previsto nos
termos do artigo 118° do CPA, do projecto de Regulamento de Utilização do Cineteatro S. Pedro,
publicado na 2 ª série do Diário da República, e que não houve qualquer reclamação ou
sugestão, pelo que o mesmo está em condições de ser aprovado pela Assembleia Municipal.
Deliberação: Por unanimidade, aprovar o projecto de regulamento de
utilização do Cineteatro S. Pedro e submeter à aprovação da Assembleia Municipal.

in acta10-1-2011

 

 


 in globalarchitectsguide.com

 


Fiquei estarrecido porque as actas devem ser verídicas e não politicamente correctas, nem devem ser maquilhadas para esconder os erros dos serviços.

 

Fiquei mais que estarrecido porque essa informação quase me chama mentiroso. 

 

E porque em virtude da discussão pública a CMA foi obrigada a rectificar o projecto de Regulamento e a publicá-lo de novo no D. da República.

 

De forma, como gosto das coisas claras e não como gato por lebre, como não como em restaurantes, tascas, tabernas, self-services e outras locandas recomendadas pelo velho gaiteiro. (1)

 


 

 uma lebre, obra do amigo de Damião de Góis, Herr Durer

 

solicitei ao grande abrantino (um bocadinho mais que o  eng. Marçal), eng. José Albuquerque Carreiras, pai da petição, autorização para transcrever aqui a correspondência trocada entre ele e a CMA:

 

 

Abrantes, 19 de Outubro de 2010

 

Exma Senhora

Presidente da Câmara Municipal de Abrantes

 

Acabo de ter conhecimento que no Diário da República, 2ª série, Nº 189, de 28 de Setembro de 2010, p. 48552, foi publicado oAviso Nº 19202/2010do Município de Abrantes, assinado por V. Exª., referente ao “Inquérito público do Projecto de Regulamento de Utilização do Cineteatro São Pedro”.

Este documento reveste-se da maior gravidade, como passo a expor.

No preâmbulo do projecto lê-se “… O Cineteatro São Pedro, propriedade da Câmara Municipal de Abrantes….”, no Artigo 4º lê-se “O Cineteatro é um equipamento da Câmara Municipal de Abrantes…” e todo o documento está escrito no pressuposto de que a Câmara Municipal é proprietária do imóvel.

Porém, sabe muito bem V. Exª. que isso não é verdade.

O Cineteatro de São Pedro é propriedade da sociedade Iniciativas de Abrantes, Lda.

A Câmara Municipal de Abrantes é apenas responsável pela gestão e utilização do Cineteatro São Pedro.

Por protocolo assinado em 29 de Janeiro de 1999 com a Câmara Municipal de Abrantes, a sociedade Iniciativas de Abrantes, Lda, proprietária do Cineteatro São Pedro, “cede ao Município de Abrantes a gestão e utilização do Cine-Teatro S. Pedro, pelo período de dezanove anos, a contar desta data”, como se pode ler no ponto 1 do referido protocolo.

Como V. Exª. compreenderá, o caso é motivo de escândalo público e de eventual responsabilidade criminal.

Quero crer, no entanto, que tudo se deverá a um equívoco.

Por isso, solicito a V. Exª. que sejam apresentadas desculpas públicas à sociedade Iniciativas de Abrantes, Lda. e que seja imediatamente suspenso o inquérito público até à publicação de um novo projecto de regulamento no Diário da República que substitua o que abusivamente foi publicado.

Esperando conhecer prontamente as intenções de V. Exª., apresento os meus melhores cumprimentos

 

José Albuquerque Carreiras

 

- Com conhecimento aos vereadores da Oposição

 

--------- Mensagem encaminhada ----------
De: Ana Soares <ana.soares@cm-abrantes.pt>
Data: 20 de outubro de 2010 16:37
Assunto: FW: Inquérito Público - Cineteatro São Pedro
Para: "josealbuquerquecarreiras@gmail.com" <josealbuquerquecarreiras@gmail.com>
Cc: Presidencia <Presidencia@cm-abrantes.pt>

Exmo. Senhor,

 

Agradecemos de antemão a anotação efectuada acerca do projecto de regulamento do Cineteatro S. Pedro.

Cabe-nos esclarecer que nunca foi intenção da Câmara Municipal de Abrantes auto-intitular-se proprietária do edifício onde funciona o Cineteatro S. Pedro. Do contexto do projecto de regulamento dever-se-á entender ser a Câmara Municipal de Abrantes detentora do serviço a funcionar no Cineteatro S. Pedro, obviamente durante o tempo em que o edifício estiver sob a sua alçada.

Em conformidade, seguirá para republicação em Diário da República uma nova versão do projecto de regulamento, onde estejam clarificadas as expressões que lhe suscitaram dúvidas.

 

Com os melhores cumprimentos,

 

Ana Soares

 

Chefe de Divisão de Cultura,

Museus e Património

 

 

 

Telf: 241 330 191 Fax: 240 330 189

ana.soares@cm-abrantes.pt

www.cm-abrantes.pt

 

De: Paula Grijo 
Enviada: quarta-feira, 20 de Outubro de 2010 09:03
Para: Ana Soares
Cc: Carlos Soares; Bruno Tomás
Assunto: FW: Inquérito Público - Cineteatro São Pedro

 

 

 

De José Albuquerque  Carreiras [mailto:josealbuquerquecarreiras@gmail.com
Enviada: terça-feira, 19 de Outubro de 2010 19:05
Para: Presidencia


Assunto: Inquérito Público - Cineteatro São Pedro

 

 

Exma Senhora

D. Ana Soares

Chefe de Divisão de Cultura, Museus e Património

 

A justificação que apresenta na sua resposta é incompreensível. O que está escrito está escrito e o significado das palavras utilizadas é contrário às interpretações que invoca.

 

Se a Câmara Municipal está de boa-fé, no que quero acreditar, não tem mais que admitir claramente que se tratou de um equívoco e pedir desculpas à sociedade Iniciativas de Abrantes, Lda., o que ainda não fez.

E essas desculpas devem ser, naturalmente, públicas, como público foi o agravo contido do projecto de regulamento publicado em Diário da República.

 

Com os melhores cumprimentos

José Albuquerque  Carreiras

 

 

Houve ou não houve ''reclamação ou sugestão'', Exma. Drª. D. Ana Soares????

 

Se o meu amigo Marcello de Noronha e Ataíde continuar a fazer o resumo das actas quantas coisas destas mais vão sair?

 

Miguel Abrantes

 

(1) o das gaitas é um tal Fernandes 



publicado por porabrantes às 22:21 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Cinema no Centro Históric...

O Teatro de São Pedro ao ...

Gaspar ataca Maria do Céu

A Terra dos Carecas no Sã...

CMA quer terminar com cin...

Evolução da defesa do pat...

Wikie à abrantina (7) O S...

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10


20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds