Segunda-feira, 17.12.18

Não digam que não somos pluralistas.

Até divulgamos vídeos postos na rede pelo PS.

Achamos espantoso que a CP do PS de Abrantes não ponha na sua página os seus vídeos relacionados com a região.

A deputada Ana Passos encosta a gestora Beatriz Milne à parede.

A senhora diz  não sabe de nada.

Isto é no Parlamento. .

''Existem no sector eléctrico ''portas giratórias'' ?- pergunta a deputada Ana Passos.

Para defender a delicada posição de Álvaro Barreto, a executiva mete os pés pelas mãos.

Entretanto a cacique anda aos abraços à gestora espanhola, enquanto os camaradas a encostam à parede.

Delicioso.

Magnífico o portuñol da gestora.

ma

 

sobre o assunto ver o Expresso

   



publicado por porabrantes às 19:53 | link do post | comentar

Sábado, 27.10.18

O Expresso Economia traz um longo artigo sobre o novo desafio da centenária empresa de azeites abrantina, quer enfrentar-se aos italianos de Modena, produzindo vinagres de luxo.

Também aborda a Tejo Energia, que goza de uma majestática isenção fiscal muito duvidosa e que deputados e fiscalistas dizem ser improcedente.

Tudo no Expresso.



publicado por porabrantes às 09:38 | link do post | comentar

Sábado, 13.10.18

central terrreno

 As negociatas com as eléctricas caracterizam-se por encher os bolsos às multinacionais, entregar activos estratégicos a estrangeiros, povoar os conselhos de administração com ex-políticos via portas giratórias.

Um terreno do estado passou para a Tejo Energia por 1/5 da avaliação.

Era no Pego.

Os políticos locais, que se caracterizam por uma mediocridade abismal, calaram, incluindo os pegachos como a Isilda Gomes e um tal Mor.

O Lacão calou e podia ter falado, era Deputado.

A CMA do Carvalho guardou silêncio.

A Tejo Energia, ou seja os espanhóis e ingleses, embolsou a exorbitante mais-valia.

A Direita que governava, prevaricou.

Era Ministro das Actividades Económicas e do Trabalho: Álvaro Barreto,  que tinha sido CEOE da Tejo Energia e saíra para Ministro e que voltaria depois de novo para a multinacional apegachada.

alvaro

Perdeu Portugal e Abrantes que teria recebido uns milhões de impostos.

Os caciques e as forças vivas continuaram a visitar a Central, como se aquilo fosse um centro turístico.

Neste requerimento, o BE pede para ouvir o sr.Bissaia Barreto (e não é pela gestão do Portugal dos Pequeninos, ) e coisas sobre a Central.

mn  

 

ps-também o Castelo de Bode foi ''dado'' à EDP  



publicado por porabrantes às 09:10 | link do post | comentar

Sábado, 21.04.18

Enquanto a Assembleia Municipal se dedica a jogos florais (havia uma moção para reflorir Abrantes, que os socialistas deixaram murchar) os grandes negócios passam ao lado dela,

acordo secreto.png

A Ren fez um pacto secreto com a Tejo Energia em que a Central em vez de reverter para o Estado em 2021 ficará para os espanhóis e para os outros sócios estrangeiros..

Ao mesmo tempo a Tejo Energia comprou secretamente por 23 milhões de euros o terreno da Central... 

Era Ministro da Economia....num governo PS o íntegro Manuel Pinho

 

central.png

devida vénia Expresso

 

ler aqui  o artigo de Miguel Prado

 

Quando da construção houve uma enorme polémica sobre a isenção da sisa e processos movidos pelo Advogado José Amaral e pela CMA contra essa isenção.

 

Também houve casos no STA sobre a isenção de mais valias

 

Agora que saiu a notícia no Expresso os deputados municipais já não têm desculpa, bem como o Executivo de terem de estudar o assunto da venda do terreno e as suas implicações fiscais nos cofres da autarquia

 

Finalmente dizia a cacique que tinha muita confiança na postura social da empresa, como é que se coaduna este secretismo, com essa postura, dizem-nos? 

 

A entidade reguladora manifesta a sua estranheza....

 

mn



publicado por porabrantes às 16:32 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28.12.15

central pegop 3.jpg

 

Extractos do documento citado, não sei se há pachorra para ver os acidentes que possa ter havido entre 2007-2015

 

Quadro 5 – Recomendações dos processos concluídos em 2006

 

 

OCORRÊNCIA

Incidente com o vagão mineraleiro da Tejo Energia n.º 83 94 933 0 037-1, do comboio de mercadorias n.º 66951, ao pk 087,428 da linha do norte, entre as estações de Vale de Figueira e Mato Miranda ocorrido no dia 06 de Setembro de 2006

DATA RELATÓRIO

30 de Novembro 2006

N.º

RECOMENDAÇÕES

1

Que a REFER promova acções de formação e simulacros para treino do pessoal interveniente na resolução das situações de perturbação de circulação, nomeadamente para situações análogas à verificada, de forma a melhorar processos e práticas e identificar a necessidade de eventuais acções correctivas, designadamente nos Planos de Emergência.

2

Que a REFER proceda à instalação na via-férrea de equipamentos de detecção de caixas de eixo e de rodas quentes, nos locais que se revelem mais adequados.

3

Que a CP em casos desta natureza, a tripulação dos comboios e demais intervenientes no acompanhamento do tráfego, façam uma correcta avaliação da situação, cumprindo, de forma rigorosa os procedimentos estabelecidos na regulamentação de segurança, particularmente com os constantes nos Planos de Emergência.

4

Que a CP promova acções de formação e a realização de simulacros para treino das tripulações dos comboios e outros agentes de acompanhamento do tráfego, relativamente aos procedimentos a adoptar em caso de situações de emergência.

5

Que a TEJO-ENERGIA, S.A. promova junto da Empresa Prestadora dos Serviços de Manutenção -METALSINES, uma eficaz supervisão sobre a qualidade dos serviços executados e dos materiais aplicados, e, também uma reanálise sobre adequação das operações de manutenção efectuadas nos equipamentos relevantes para a segurança da circulação, designadamente, os elementos integrantes dos rodados dos vagões.

6

Que seja estudada, pela TEJO-ENERGIA, S.A. a necessidade ou não, de integrar noutras visitas/intervenções, para além das RSP e RP, a substituição do elemento lubrificante e a verificação do rolamento da caixa de eixo.

     

 

Houve mais???? Houve

 

 

OCORRÊNCIA

Descarrilamento do vagão mineraleiro da tejo energia nº 83 94 933 0 063-7, do comboio de mercadorias n.º 66852, ao pk 108,780 da linha do Sul, entre as estações de Canal-Caveira e Grândola, ocorrido no dia 9 de Junho de 2004.

DATA RELATÓRIO

26 Maio de 2006

N.º

RECOMENDAÇÕES

1

Que a REFER promova um estudo tendente à instalação na via, nos troços de linha férrea de maior incremente da circulação de comboios de mercadorias, de um sistema de detecção de caixas de rolamentos e de rodas quentes.

2

Que os agentes da C P afectos à formação e deformação dos comboios sejam rigorosos na análise visual dos órgãos e equipamentos de segurança, não permitindo a circulação de vagões, pertença de terceiros e aos quais presta tracção, que não estejam em condições para a realização desse transporte.

3

Que em casos análogos sejam retirados, em tempo útil, pela CP, os dados da Unidade de Registo do sistema CONVEL ou a Fita Registadora da(s) Unidade(s) Motora(s), com vista à elaboração do respectivo relatório.

4

Que em casos desta natureza, seja feita pela EMEF E.P. uma melhor avaliação da situação, no sentido de melhorar a capacidade de resposta na prestação do serviço do comboio de socorro, nomeadamente quanto aos meios e equipamentos a utilizar no socorro.

5

Que a TEJO-ENERGIA promova junto da Empresa Prestadora dos Serviços de Manutenção, que nesta data compete à METALSINES, uma mais eficaz rastreabilidade dos equipamentos relevantes para a segurança da circulação, designadamente, os elementos integrantes dos rodados dos vagões.

6

Que seja estudada, se assim for entendido, pela TEJO-ENERGIA S.A. a necessidade ou não, de integrar noutras visitas/intervenções, para além das RSP e RP, a substituição do elemento lubrificante e a verificação do elemento rolante da caixa de rolamento.

 

Bem já que estou com acidentes de comboio abrantinos 

cp.png

 

 

 

OCORRÊNCIA

Acidente com o comboio de passageiros nº 5501 na PN tipo D, sita ao PK 149,697 da linha do Leste, ocorrido no dia 29 de Setembro de 2005, pelas 10h05

DATA RELATÓRIO

07 de Agosto 2006

N.º

RECOMENDAÇÕES

1

Deverá a REFER como entidade gestora da infra-estrutura ferroviária promover junto da Câmara Municipal de Abrantes a análise da actual sinalização rodoviária vertical da PN, tendo em vista a instalação de sinalização rodoviária avançada, na aproximação à referida PN.

2

Deverá a REFER proceder à colocação dos sinais indicadores de aviso sonoro à distância regulamentar da PN, um em cada sentido, de acordo com o ponto 32 do Capitulo 4 do Regulamento Geral de Segurança II – Sinais.

3

Deve a REFER rever a programação atendendo à periodicidade do corte e desbaste de “mato” junto às PN’s, dando assim cumprimento ao ponto 9 do artigo 8º. Capitulo I do Regulamento de Passagens de Nível (RPN), aprovado pelo Dec-Lei nº 568/99 de 23 de Dezembro.



publicado por porabrantes às 19:54 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23.12.15

presidente.png

Poderia o Sr.Eng. Álvaro Bissaia Barreto, ex-Ministro de múltiplas pastas, Administrador do BCP e da Tejo Energia e se calhar quase Senador desta República dizer à Pegop que desmonte já o dique,ou teremos de pedir que SAR o Duque de Bragança que levante, régia, a sua voz e diga que a PEGOP está a dar cabo do Tejo?

d.duarte.jpg

Seria caso de dizer: Aqui D'El Rei!

 

ma

 



publicado por porabrantes às 23:16 | link do post | comentar

Terça-feira, 16.06.15

 

Tenho ouvido gloriosas explicações sobre a falta de água do Tejo, atribuindo a culpa aos espanhóis. Desde Aljubarrota é assim, qualquer coisa vai mal e Castela é culpada.

Parecem o Generalíssimo Franco, quando alguma coisa corria mal, quando um ministro corrupto daquela seita a que pertence a directora do pasquim clerical, era caçado num affaire de corrupção, o General vinha à janela do Palácio:

A culpa é da Rússia!

rusia.jpg

 

Entre as empresas prejudicadas pela falta de água em Abrantes está a Tejo Energia, uma das maiores poluidoras da Ibéria.

A empresa tem de arrefecer o estaminé com água do Tejo e a licença ambiental diz que  se o caudal estiver abaixo de determinado nº de metros 3, já não pode arrefecer.  

Portanto os ambientalistas devem telefonar ao sr.   

JOAQUIM GALINDOVÉLEZ

Ribera del Loira, 60, 2804 Madrid

 

e pedir respeitosamente :  a situação está uma merda e  V.EXA tem de  dizer ao Presidente do Conselho de Ministros de Sua Majestade Católica Felipe VI

felipe-letizia-jueves.jpg

 para abrir a torneira e se não abre, há merda.

 

JOAQUIM GALINDO VÉLEZ   não é nenhum comunista de Podemos, mas o Presidente da TEJO ENERGIA-PRODUÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELECTRICA S.A, com sede na terra da Isilda. 

 


Naturalmente não devem dizer ao Galindo que a Central deve cumprir a licença ambiental, porque isso seria uma coisa que só passaria pela cabeça desse anarquista chamado Gonçalo Ribeiro Telles.

 

ma



publicado por porabrantes às 13:08 | link do post | comentar

Domingo, 15.03.15

pegop.png

Fonte: Pegop/Tejo Energia  Sumário Segurança 2004

 

pegop 6.png

 

ucraniano 3.png

 

Fonte: Correio da Manhã 14-1-2004

 

 

devida vénia ao Relatório da Pegop e ao Correio da Manhã, o documento da Pegop pode ser consultado na íntegra no link citado.

 

moral da história: à consideração do leitor  ....



publicado por porabrantes às 19:32 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.09.13

 

 

 

 

 

Primeiro a paparoca dos miúdos:

 

 

 

No Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria foram distribuídas estas acções, sendo ré a CMA

 

 

 

24768

Entrada: 
21-10-2005
Distribuição: 
23-09-2013

Autor: ITAU - Instituto Técnico de Alimentação Humana, S.A 
Réu: Município de Abrantes

Unidade Orgânica 1

982/05.6BELRA 

Valor: 
14.963,95 €

Processo de contencioso pré-contratual

58413

Entrada: 
23-03-2007
Distribuição: 
23-09-2013

Autor: ITAU - Instituto Técnico de Alimentação Humana, S.A 
Réu: Município de Abrantes

Unidade Orgânica 1

982/05.6BELRA-A 

Valor: 
26.453,00 €

Execuções [DEL.825/05]

 

 

Com tanto trabalho um Advogado meu amigo vai exigir um aumento de honorários.....

 

 

 

 

E outra empresa, a UNISELF – SOCIEDADE DE RESTAURANTES PÚBLICOS E PRIVADOS, SA, 

 

fez o subido favor de continuar a festa de novo com a autarquia abrantina  de novo como Ré e tendo a acçãozinha um valor do caraças

 

 

300.661,20 €!!!!!


a seguir os dadozinhos


 


Entrada: 
18-09-2012
Distribuição: 
24-09-2013

Contra-interessado: EUREST (Portugal) - Sociedade Europeia de Restaurantes, Lda. 
Contra-interessado: EUREST (Portugal) - Sociedade Europeia de Restaurantes, Lda. 
Contra-interessado: GERTAL - Companhia Geral de Restaurantes e Alimentação SA 
Contra-interessado: GERTAL - Companhia Geral de Restaurantes e Alimentação SA 
Contra-interessado: ICA - Indústria e Comércio Alimentar, SA. 
Contra-interessado: ICA - Indústria e Comércio Alimentar, SA. 
Contra-interessado: ITAU - Instituto Técnico de Alimentação Humana, S.A 
Contra-interessado: ITAU - Instituto Técnico de Alimentação Humana, S.A 
Réu: Município de Abrantes 
Réu: Município de Abrantes 
Contra-interessado: NOBRECER - Comércio e Serviços, Unipessoal, Lda. 
Contra-interessado: NOBRECER - Comércio e Serviços, Unipessoal, Lda. 
Contra-interessado: SOLNUTRI – Restaurantes e Alimentação, Lda 
Contra-interessado: SOLNUTRI – Restaurantes e Alimentação, Lda 
Autor: UNISELF – SOCIEDADE DE RESTAURANTES PÚBLICOS E PRIVADOS, SA, 
Autor: UNISELF – SOCIEDADE DE RESTAURANTES PÚBLICOS E PRIVADOS, SA,

Unidade Orgânica 1

1121/12.2BELRA

Valor: 
300.661,20 €

Providências relativas a procedimentos de formação de contratos [DEL.825/05]






 

Mas há mais, vão fazer eleições para a União das Freguesias de Alvega e Concavada

 

 

 

mas a freguesia da Concavada continua a resistir

 

E se ganha?????

 

cria-se de novo a desunião de freguesias????

 

 

Finalmente (omitindo outra acção contra a CMA) se os autores das acções da paparoca ganham arrotará o próximo orçamento com 340.000 € a menos????

 

E se o senhor Jorge Dias também ganha ?????

 

Pobre orçamento!!!!

 

Será capaz a recandidata de explicar o que se passa com este forrobodó judicial sobre paparoca escolar ou alegará que ainda só recebeu esta notificação electrónica.????

 

Há mais na saga judicial?????

 

Parece-nos que sim.

 

Qual o valor duma acção de impugnação da Tejo Energia contra as Finanças ????

 

Anda perto dos 3 milhões de EUROS....

 

Subscrevemo-nos atenciosamente 

 

Com os nossos cumprimentos às autoridades

 

a redacção

 

 




publicado por porabrantes às 23:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 17.04.13

 

 

Um dos equipamentos industriais mais poluentes do Concelho é a Central Térmica que segundo as forças vivas e políticas locais não polui.

 

 

Ora nós gostamos muito das forças vivas mas gostamos mais da verdade e segundo relatório a que tivemos acesso em 2010 a Tejo Energia foi multada pelo IGAOT.

 

Por enquanto só vou transcrever o que consta dum relatório da própria Tejo Energia e que naturalmente reconhece o facto, diz que foi uma situação pontual e que acabou por pagar a coima.


Quanto ao montante da coima, vou ver se descubro... 

 

 

Quando tiver paciência irei ver o que diz o IGAOT.

 

Publico isto em princípio para alertar sobre a necessidade da constituição duma associação ambientalista, independente, que não receba subsídios e que não tenha membros das forças vivas nos órgãos sociais que é a única forma eficaz de controlar e lutar contra a poluição.

 

E ainda para sublinhar os evidentes danos ambientais que sofre o concelho devido ao funcionamento das térmicas.  

 

Passo a transcrever: '' Relativamente aos parâmetros fluoretos e sulfatos nas lamas da ITEQ, verificou-se que os resultados das amostras recolhidas em finais de Dezembro de 2010, cumpriam com os valores limite de admissão estabelecidos no Decreto-lei n.º 152/2002, o que demonstra que os resultados que se encontravam acima dos valores limite decorreu de uma situação pontual associada à entrada em serviço da nova instalação de dessulfuração. É importante realçar que não houve nenhuma consequência para o meio ambiente causada por esta situação pontual. 

Em Dezembro de 2011, a IGAOT informou a Tejo Energia (TE) que mantinha a sua posição definida na contraordenação aplicando à mesma uma coima. Embora a TE mantivesse a sua posição com a convicção de que não ocorreu em práticas sancionáveis, em concordância com o espirito de

 

cooperação que sempre pautou a sua relação com as Autoridades, procedeu ao pagamento da coima. Em reunião posterior entre
a TE e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), foi transmitido o entendimento de que será aplicável o Decreto-lei n.º 152/2002, até ao limite de validade das licenças existentes (1 de Outubro de 2017), de acordo com o entendimento que a Tejo Energia tinha sobre esta questão.''

 

 

  

 

 

Depois o relatório da Tejo Energia passa a falar dum dos costumes típicos abrantinos: visitas turísticas à Central.....

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 21:51 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

PS encosta gestora da Tej...

Vidas paralelas: A Tejo E...

Terreno do Pego dado quas...

Expresso desvenda o acord...

Os acidentes de comboio d...

Aqui D'El Rei!

Castela é culpada!

Acidentes de trabalho à p...

A saga judicial: o estran...

A poluição no Pego .Tejo ...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

candeias silva

carlos marques

carrilhada

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

cidadão abt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds