Quinta-feira, 02.06.16

Para ser coerente a Srª Albuquerque deve cortar os subsídios à UTIA e já agora a sede..

Aquela coisa inútil e despesista não é um colégio privado para idosos?

Se se cortam os subsídios às escolas privadas para jovens, porque não às escolas privadas para idosos?

Além disso quem inspecciona a UTIA?Qual é a taxa de sucesso escolar?

40%?

60?

A menos de 200 metros da UTIA há universidades públicas a sério, falo da Aberta.

Que os idosos se matriculem lá e paguem as propinas.

O IPT como se sabe não é uma universidade, é um instituto, por isso não recomendamos que a poetisa centenária se matricule lá. Porque não se poderá doutorar em Ciências Poéticas. Os institutos estão proibidos de fazer doutoramentos.

a redacção 

 

   



publicado por porabrantes às 14:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 08.10.15

A poetisa oficial Maria da Piedade dedicou uns versos épicos à derrotada Maria do Céu Albuquerque na abertura do ano escolar na UTIA

A inspiração oficiosa é tão descarada que estava para omitir isto.....

Mas o que não se omite é este comentário

piedade.png

Isto é mais investimento no cabeço para a terceira idade lubrificar as neuronas e aumentar a CG (Cultura Geral) e nas freguesias rurais falta o básico. Até faltam uns banquinhos rústicos de madeira para que as velhotas e velhotes se sentem a ver passar os netos prá escola, a fumar um cigarrinho, a dar dois dedos de conversa.

Não sei se a competência é da CMA ou da Junta de S.Miguel/Rossio, só sei que os velhos não têm bancos e que isso se pode resolver dum dia para o outro.....

Ou não me digam que não metem lá bancos, porque no Cabrito não há uma poetisa centenária capaz de agradecer em rimas de pé-quebrado a ''generosidade'' do Poder. Quando descobrirem uma poetisa e ela tiver pronta a versalhada, então montarão lá os banquinhos...

mn 

 


tags: , ,

publicado por porabrantes às 09:27 | link do post | comentar

Sexta-feira, 26.06.15

 

A Associação Rutis -que diz representar as Universidades da Terceira Idade foi penhorada pelo CNEMA

 

A Rutis tem um programa grandiloquente, alegadas parcerias institucionais, diz que o seu fundador Luís Jacob foi prémio Visão-homem do ano,  e que tem acções financiadas pelo PRODER

 

A Rutis diz que participou em acções relacionada com Abrantes, por exemplo:

 

rutis 2.png

 

Mas o que (não) me parece estranho é ver mais uma entidade financiada pelo PRODER penhorada.

 

A economia social é sim, sem piedade.

 

 

 

ma 

 

 

  Entrada:
25-06-2015
Distribuição:
25-06-2015
Exequente: Cnema -Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, S.A
Executado: Rutis - Associação Rede de Universidades da Terceira Idade
Agente de Execução (Sol.): Cátia Marques Amaral
Entroncamento - Inst. Central - Sec. Execução - J2 3319/15.2T8ENT

Valor:
2 345,13 €
Execução Sumária (Ag.Execução)
Entrega Electrónica - Refª 19968539

tags: ,

publicado por porabrantes às 17:30 | link do post | comentar

Terça-feira, 27.11.12
Esta foto ''roubada'' ao Sr.Fernando Alpalhão e publicada no Grupo Tramagal é extraordinária. A Srª Luísa Marchena de 84 anos, do Tramagal, em plena actividade desportiva no Concurso de Pesca organizado pela APA-Associação de Pesca de Abrantes, no Tejo. A Srª Luísa faz 2 concursos por ano! A Tubucci manda um beijo para a mais jovem desportista do Concelho!
Ver traducción
Foto: Esta foto ''roubada'' ao Sr.Fernando Alpalhão e publicada no Grupo Tramagal é extraordinária. A Srª Luisa Marchena de 84 anos, do Tramagal, em plena actividade desportiva no Concurso de Pesca organizado pela APA-Associação de Pesca de Abrantes, no Tejo. A Srª Luísa faz 2 concursos por ano! A Tubucci manda um beijo para a mais jovem desportista do Concelho!


publicado por porabrantes às 18:19 | link do post | comentar

Segunda-feira, 22.08.11
O Cidadão Abt disse sobre razões ''científicas'' no Domingo, 21 de Agosto de 2011 às 19:25:

 

     

Para o António Maria a insegurança em Abrantes está nos estudantes universitários que andam nos copos... uns perigosos... sabe-se lá o perigo que eles representam para a população de Abrantes. 

Já havia desconfiado que são os gajos que assaltam residências à luz do dia! Ainda bem que surgiu uma inteligência que nos confirma tais suspeitas. 
Quando os tipos vestem de negro, com aquele chapéu de abas largas estão para a pregarem... aquilo devem ser elementos infiltrados da confraria do Zé do Telhado!

Melhor seria fechar a universidade para que o sossego seja efectivo e não um sentimento. Atenção! Cuidado com os estudantes da universidade da terceira idade! 

Essa tropa fandanga é bastante mais experiente do que os primeiros e sabe-la toda!

Os tipos são bem capazes de roubar farmácias para se drunfarem e atacarem estabelecimentos hoteleiros pela calada da noite!

Para o José Marcos da Silva, uma vez que nunca viu a sua casa, o seu estabelecimento comercial visitados elos amigos do alheio nem o seu carro baleado, furtado ou saqueado em algum parque de estacionamento de supermercado, sente-se efectivamente seguro em Abrantes. 

Há gente com sorte.

Tem razão quando apela para se deixarem os Abrantinos em paz, exceptuando os momentos em que se despejam carregadores à porta do hospital, claro está! 
Esses carecem de integração... tem o amigo uma óptima oportunidade de se dirigir ao conselho municipal de segurança, pedir uma lista de referenciados e levar dois ou três desses vitimizados para sua casa afim de os integrar no ambiente cívico que o amigo afirma existir nas ruas de Abrantes. 

Sinceramente, era um grande favor que prestava aos abrantinos.

Lixo, lixo, mesmo muito lixo, se quiser ver dele é procurá-lo no recinto das festas do Vale de Rãs que segundo consta, por lá ainda deve haver bastante caído para pôr fora...

Talvez seja o trabalho adequado para os varredores da junta de freguesia de São Vicente na duplicidade de funções de festeiros poluentes, tudo com o aval dos impostos dos abrantinos... não será bem assim, caro José Marcos?

 

 

Caro Cidadão Abt

 

A tua acutilante análise permitiu encontrar o ''quid'' da questão de segurança abrantina.

 

É um problema da 3ª idade que resolveu estudar em vez de estar em casa a tratar dos netos.

 

Imaginem aquela Senhora poetisa de noventa e tantos anos que começou a estudar Mitologia com o professor Farinha.

 

 

 

A Senhora aprendeu que este valente Mercúrio é o Deus dos Ladrões e logo que nasceu, uns minutos depois, roubou uns bois a um tal Apolo.

 

Isso não o impediu de fazer uma carreira divina e que Décio Június Brutus, o primeiro bruto abrantino, lhe prestasse culto no templo que havia onde está Santa Maria do Castelo.

 

Estas coisas podem fazer virar a cabeça aos idosos e podem começar a imitar os deuses, da mesma forma que o meu sobrinho imita o

Homem-Aranha.

 

Está encontrado o culpado da crise abrantina, é o Sr.Dr.João Farinha que falou no Mercúrio à 3ª Idade.

 

Proibam-se por postura camarária as aulas de Mitologia, antes que o Sr.Professor lhes fale em Baco e no Cupido.

 

Ò Cidadão, por falar em Baco, que tal uma libação?

 

   

 

Miguel Abrantes

 

 



publicado por porabrantes às 17:17 | link do post | comentar

Sábado, 18.06.11

Júlio Bento, dizem-nos que será escolhido para.......

 

 

 

Referência moral do PS de Abrantes.....

 

 

que hoje em dia é um mero agrupamento eleitoral de interesses, mais próprio do capitalismo selvagem que  dum partido democrático 

 

Ou seja o PS de Abrantes é uma coisa como a  UIE, um partido chefiado na sombra pelo industrial e monopolista Alfredo da Silva (então com grossos negócios em Alferrrarede, como agora outros......), devendo pois adoptar para clarificar posições um nome como o da UIE-União de Interesses Económicos....

 

É uma pena que a sigla UTIA já esteja monopolizada pela 3º idade. Servia perfeitamente. Um partido local ou lista de independentes com esta sigla UTIA que significaria União de Tachos e Interesses Abrantinos  seria a tradução do que é hoje o PS isildista.

 

Por isso a escolha do eng. técnico Júlio Bento como referência moral da seita, seria muito adequada

 

 

Miguel Abrantes

 

 

 



publicado por porabrantes às 13:09 | link do post | comentar

Domingo, 22.05.11

Diz em plena pré-campanha, o director executivo do Agrupamento de Centros de Saúde ao Mirante que virão 5 -médicos-5 (como no cartel dos touros) latino-americanos para tratarem entre outros, dos coitadinhos dos ''idosos''.

 

 

Tudo indica que os valorosos ''muchachos'' falarão várias variedades dos dialectos castelhanos que se praticam desde as Caraíbas a Santiago do Chile.

 

Deve ser por isso que a UTIA abriu cursos de espanhol made in Badajoz para os respeitáveis idosos e idosas ( porra! lá vem a praga da correcção política.)

Vem este blogue informar os abrantinos e especialmente a população primariamente anti-comunista do Sardoal que não tem de se preocupar pela vinda deste médico.

 

U.Havana

 

O Sr. Dr. Ernesto Guevara Lynch de la Serna, de nacionalidade argentina, de ilustre família descendente de um Vice-Rei não virá fazer diagnósticos para o Médio Tejo.

 

A devido tempo, a prestimosa CIA diagnosticou que ele exercia clínica na Média Bolívia e tratou-lhe da saúde.

 

Por isso, o Sr. Dr.Guevara não poderá aproveitar a baixa da taxa do IVA para o golfe e disfrutar dos ''greens'' lusitanos ao lado da troika do FMI.

  U.Havana

 

Para consolo de saudosistas sempre se poderá colocar à venda à entrada dos centros de saúde t-shirts destas:

 

 

É só para avisar os idosos que se continuam a fumar o fim pode ser trágico

 

 

Miguel Abrantes, fumador

 

PS-Mais importante que trazer médicos parece-me a mim, especialista em brasileiras, que o melhor era o Sr.Dr. Siborro importar enfermeiras destas

 

 

o contacto da señorita Guevara está aqui



publicado por porabrantes às 16:08 | link do post | comentar

Terça-feira, 30.03.10

 

Karl Marx como uma boa parte dos filósofos (mesmo católicos como o nosso António de Pádua, vulgo o milagreiro Santo António de Lisboa) são gente inteligente, que merece ser lida por pessoas com capacidade de discernimento nos textos originais e não nos catecismos de divulgação que os simplificadores gostam de distribuir ao ''povo''.

 

A deificação do ''povo'' como entidade mítica (o Zé dos Anzóis é um gajo completamente diferente da Clementina da Taverna, como aquele Senhor que morreu, honesto taberneiro de profissão e a quem o povo chamava ''PF'' ou seja Picha Fria, coisa que incomodou muito a gazeta beata dos promotores imobiliários a caminho da falência) é mais própria do fascismo e na sua versão lusa do salazarismo, que de qualquer ideário de esquerdas.

 

O problema é que a  deificação do povo feita pelo SNI e animada por gajos como o António Ferro, que de empresário provocador de talento ao serviço de Fernando Pessoa passou (é preciso ganhar a vida) a propagandista do salazarismo, passou para a esquerda e boa parte dos nossos intelectuais de esquerda, além de beatos católicos são provenientes dessa escola.

 

Ou pior, como é o caso dum dos mais preclaros vultos do marxismo saloio lusitano, Fernando Luso Soares, eram provenientes da escória fascista que achava que o dr. Salazar não era suficientemente ''facho''.

 

Um exemplo desta beatificação das coisas populares é o rancho fóclorico do Pego e toda a escola de folcloristas que são filhos directos do SPN depois SNI.

 

Um dia destes daremos umas dicas sobre as relações directas entre folcloristas e o aparelho ideológico da ditadura, que os mandava dançar o vira, para encanto dos nossos Governadores Civis, como o saudoso D.Bernardo, tanto do agrado de João Pico.

 

Vem esta conversa acerca da poesia ''popular''.

 

Que é a nova versão abrantina do folclorismo à moda do Pego.

 

Olhem para isto:

 

UTIA – Hino da Universidade
Refrão
Se fores até Abrantes
Ai vai, vai, vai, vai
Não é tudo como dantes
Ai, Ai, Ai Ai

Se passares por Abrantes
Pára e sobe à cidade
E verás os estudantes (bis)
Da nossa Terceira Idade

Refrão

Depois sobe ao castelo
Verás vistas deslumbrantes
Acharás tudo mais belo
Não é tudo como dantes.

Refrão

A nossa Universidade
É uma fonte dos amores
Apoia qualquer idade
Alunos e professores.

Autoria: letra e música
Maria Piedade Anselmo
(poetisa popular)

 

O que a gente gosta mais é da rima entre Ai, vai, vai, vai/ com Ai,Ai, Ai

 

Estava a poetisa ''popular'' aflita e começou a dar Ais?

 

Estão os da Universidade dos Idosos tão achacados que o hino tem de incluir : Ai, Ai, Ai?

 

A poesia não tem ser popular ou aristocrática, deve ser boa ou má.

 

A da Dona Piedade é uma desgraça.

 

Boa, feita por um pobre diabo que vendia cautelas era esta:

Não Dês Esmola a Santinhos

 

MOTE 

Não dês esmola a santinhos, 
Se queres ser bom cidadão; 
Dá antes aos pobrezinhos 
Uma fatia de pão. 

GLOSAS 

Não dês, porque a padralhada 
Pega nas tuas esmolinhas 
E compra frangos e galinhas 
Para comer de tomatada; 
E os santos não provam nada, 
Nem o cheiro, coitadinhos... 
Os padres bebem bons vinhos 
Por taças finas, bonitas... 
Se elas são p'ra parasitas, 
Não dês esmola a santinhos. 

Missas não mandes dizer, 
Nem lhes faças mais promessas 
E nem mandes armar essas 
Se um dia alguém te morrer. 
Não dês nada que fazer 
Ao padre e ao sacristão, 
A ver para onde eles vão... 
Trabalhar, não, com certeza. 
Dá sempre esmola à pobreza 
Se queres ser bom cidadão. 

Tu não vês que aquela gente 
Chega até a fingir que chora, 
Afirmando o que ignora, 
Assim descaradamente!?... 
Arranjam voz comovente 
Para jludir os parvinhos 
E fazem-se muito mansinhos, 
Que é o seu modo de mamar; 
Portanto, o que lhe hás-de dar, 
Dá antes aos pobrezinhos. 

Lembra-te o que, à sexta-feira, 
O sacristão — o mariola! — 
Diz, quando pede a esmola: 
«Isto é p'rà ajuda da cera»... 
Já poucos caem na asneira, 
Mas em tempos que lá vão, 
Juntavam grande porção 
De dinheiro, em prata e cobre, 
E não davam a um pobre 
Uma fatia de pão. 

António Aleixo, in "Este Livro que Vos Deixo..."

 

Quem era mais popular ? A Dona Piedade dos ais-ais, ou o cauteleiro que detestava a padralhada?

 

POR ISSO VIMOS ROGAR À DONA MARIA DO CÉU QUE NÃO GASTE DINHEIRO EM EDITAR LIVROS (OU A COMPRÁ-LOS AO QUILO À PALHA DE ABRANTES, QUANDO AS POETISAS FOREM COMO A DONA MARIA DA PIEDADE).

 

Haverá certamente pior, o Saldanha da Rocha é o pior poeta do Ribatejo!!!!

 

Finalmente já que se fala de poesia, vimos penhoradamente agradecer aos senhores da luta contra o cancro que parece que se deram à poesia erótico-satírica não terem recitado isto:

 

 

''Nunca te foram ao cu

nem nas perninhas, aposto!!!

Mas um homem como tu,

lavadinho, todo nu, gosto!

 

Sem ter pentelho nenhum,

 

com certeza não desgosto,

até gosto!

Mas gosto mais de fedelhos.

Vou-lhes ao cu,

dou-lhes conselhos,

enfim gosto.

 

Atribuído a António Botto, pela conhecida libertina Natália Correia e que certamente será declamado no primeiro casamento gay a celebrar em Abrantes.

 

Espera-se que o M.P. não acabe por mandar prender o declamador por incitação à pedofilia.

 

 

 

 

Dedicamos este cantinho da poesia à S.D. Ana Baptista Pereira, que está a meter no blogue dela, poesias, com o título:  Adormecer com ........

e sai a vítima Ricardo Reis, Sofia de Mello Breyner e por aí adiante.

 

 

Não podia a Dona Ana contentar-se em dormir só com o marido e deixar os vates em paz?

 

Porque o Senhor Manuel Alegre de Mello Duarte pode achar que não quer adormecer  com ela....

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 12:09 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Cortar os subsídios à UTI...

Os pobres velhos do Cabri...

Penhorada a CAP das UTIAS

A mais jovem desportista ...

A ''malandragem'' estudan...

Do PS à UTIA

a saúde eleitoral

Poesia Popular

arquivos

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

gnr

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds