Segunda-feira, 12.04.21

ataques pessoais.png

Reunião Dia 23 de Março

O nervosismo eleitoral começa a atacar. E a fazer perder as estribeiras...

ma



publicado por porabrantes às 16:49 | link do post | comentar

bloco central.jpg

Em política, o que parece, é- dizia, douto e sagaz, o Prof. Salazar a António Ferro, mestre da propaganda fascista. Assim sendo, nesta foto, profusamente distribuída pela propaganda municipal, que como se sabe foi ''externalizada'', para uma agência privada, com o ''magro'' orçamento duns 200 mil euros anuais, para gastar ''só'' no concelho, não se tratando pois de promover a imagem do concelho, mas de ''vender'' um candidato, lê-se o apoio do neo-liberal ao candidato socialista.

Que aliás se traduziu em sede própria em contínuos e esforçados ( e muitas vezes desastrados) louvores ao herdeiro da cacique, a das oliveiras milionárias.

O que parece, é, dizia o Duce, certeiro. Entretanto o PSD busca candidato e se fôr para fazer isto, ou seja louvar o poder que há quarenta anos atrofia esta terra, é melhor ficarem confinados na Rua de S.Pedro. 

ma   



publicado por porabrantes às 08:28 | link do post | comentar

Quarta-feira, 31.03.21

Polémicas Desportivas

 

O Vereador Valamatos (V.V) não para de nos surpreender. Não contente com a sua frenética campanha para manter a água da piscina limpa de impurezas ou impor o baseball como desporto-rei em Abrantes ( que  dirá a isto o blogue do A.F.C. ??)  continua a sua polémica particular com o Vereador Salvador (PSD) acerca  do Ténis. Infelizmente o Cem Papas pouco pode adiantar .É uma polémica para iniciados.

Provávelmente só para Vereadores. Ou para Professores de Ginástica.....

O texto contestando as posições de V.V entregues pelo Vereador  Salvador foi convenientemente maquilhado nas Actas Municipais de tal forma que o público e os Jornais de pouco se conseguiram inteirar. De forma que a única novidade nesta apaixonante polémica é, segundo a página Web do PSD abrantino, a entrega na sede dos laranjas dum texto de VV ‘’escrito num tom confrangedor, traduz em primeira instância, o estado de desorientação e nervosismo latente em quem se sente, porventura, já de saída de cena, pelos fundos do palco’’. ( diz o PSD)

O Cem Papas  sugere aos intervenientes deste singular duelo desportivo que se enfrentem em público.

As polémicas políticas abrantinas devem sair da clandestinidade.

 

6-2-05

in Jornal Primeira Linha


tags:

publicado por porabrantes às 14:36 | link do post | comentar

Quinta-feira, 25.03.21

04- No dia 19 de fevereiro de 2019, depois do Sr Presidente tomar posse, eu Armindo Silveira, vereador do BE disse à Comunicação Social esperar que a estrutura camarária não fosse usada para projetar uma pessoa às próximas autarquicas”.

desemprego.png

 

Já questionei diversas vezes o Sr Presidente da Câmara sobre a contratação da empresa YoungNetwork em novembro de 2019 e a renovação de contrato e o BE continua com demasiadas dúvidas sobre a real necessidade da prestação destes serviços.

Por outro lado, no último boletim “Passos do Concelho nº 115” o senhor presidente da Câmara aparece em 22 fotografias para um total de cerca de 52. A oposição nem em uma fotografia aparece seja na Câmara ou Assembleia Muncipal. É, sem dúvida, um registo fenomenal que faria corar de vergonha a Sra ex-Presidente.

Para terminar, na página do facebook do cidadão, Manuel Jorge Valamatos, politico, foi publicado um vídeo no dia 19 de março de 2021, no qual o Sr Manuel Jorge Valamatos anuncia o evento Portugal Lés a Lés.

Até aqui tudo bem mas importa então esclarecer quem nos ouve e vê que este vídeo foi produzido pelo Municipio de Abrantes e não foi partilhado em nenhum sitio oficial do Municipio.

Ora, quanto ao BE configura, em toda a linha, salvo melhor opinião, um uso e abuso de fundos do municipio para promoção pessoal.

E ainda na ultima reunião o Sr Presidente referia que uma coisa é a rede social do Municipio e outra era a rede social da pessoa Manuel Jorge Valamatos.

É caso para relembrar a quem se aplica a famosa frase dita nas autárquicas de 2017, em plena campanha eleitoral do PS pela sra ex-Presidente da Câmara Municipal de Abrantes “de que os candidatos do PS estavam para servir a população e os outros para se servir

da população”. É óbvio que estas declarações continuam a incomodar 4 anos depois.

Espero que o senhor presidente possa explicar como é que um vídeo que foi produzido pelo Municipio de Abrantes foi parar à página pessoal do cidadão Manuel Jorge Valamatos. Espero eu e todos os municipes.

Armindo Silveira, Vereador do Bloco, reunião da CMA de dia 23



publicado por porabrantes às 07:51 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.03.21

A sessão de ontem da autarquia foi marcada pelo habitual. A maioria, com a disciplinada coadjuvação do neo-liberal, tem pautado a sua actuação por constantes ataques ao Vereador Armindo Silveira, que representa os interesses de Abrantes, junto da casta que desgoverna o concelho.

A casta foi comandada pela cacique (hoje arrasada no ''Público'' pela demencial política agrária no Algarve) e o seu consulado caracterizou-se por Mercedes de 50.000 euros, constantes viagens à volta do planeta, em busca de prémios ignotos (como na Índia), ou de investidores que nunca chegaram ou nos aldrabaram ( Japão, China, ou o Brasil com a Tectânia), tentativas de espoliar os investidores locais (comprar o S.Pedro por 200  e poucos mil euros) e despesismo aloucado ( adquirir oliveiras aos amigos Catarinos, a preço de oiro), convívio com corruptos (o caso do Cónego), delapidação de bens públicos (venda das piscinas por 6 mil euros), abandono do património querido dos abrantinos, (o mercado).

É essa a herança a que preside o Valamatos e foi essa política referendada pelos disciplinados Vereadores e que constantemente foi denunciada por Armindo Silveira.

desemprego.png

Naturalmente para os elementos da casta (que se estende ao vacinado do CRIA), o dr. Silveira é o inimigo público, o indesejado que em cada reunião, nas redes sociais, na imprensa, desmascara estas políticas, apresenta outra forma de fazer a política, dizendo que esta deve servir Abrantes e não servir a casta.

A cacique chegou a dizer, na campanha eleitoral, que os candidatos da Oposição estavam para servir-se e os da casta para servirem Abrantes.

Mentia, como mentiu, quando prometeu ficar até ao fim do mandato.

Ontem, a evolução na continuidade persistiu, com novos ataques do Valamatos a Armindo Silveira, que não atingiram o orgasmo, como quando fala o Luís Dias,

dias cma.png

mas foram injustos, aleivosos e injuriosos.

Saíram do Presidente e significam que a casta está tão nervosa, que é capaz de reproduzir mimeticamente os velhos costumes da ditadura, o poder trabalha e a Oposição é um grupo de desocupados, que apenas se dedica a criticar.

Foi o que disse o herdeiro da mulher do Mercedes milionário. Era o que diziam o Américo Tomás e o Caetano para se referirem a Mário Soares.

tomás.png

ma 

 

  

    



publicado por porabrantes às 09:17 | link do post | comentar

Quinta-feira, 11.03.21

baseball 1.png

baseball 2.png

 



publicado por porabrantes às 19:41 | link do post | comentar

''02-Projeto Tejo, o novo Alqueva no Ribatejo
A Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural lançou a 27 de outubro de 2020 um concurso público com a finalidade de avaliar o potencial hídrico e hidroagrícola do Vale do Tejo e Oeste através do regadio tendo como referência um projeto privado conhecido como Projeto Tejo.
Uma das vertentes do projeto é construir diversos açudes no rio Tejo desde Vila Franca até à Barragem de Belver. No Concelho de Abrantes está previsto a construção de pelo menos mais um.
Um dos mentores do projeto, o sr Eng, Jorge Froes, afirmou numa conferencia online realizada a 31 de julho de 2020 que todos o municípios ribeirinhos apoiavam o projeto.
Tejo por isso pergunto ao Sr. Presidente, se de facto a Câmara Municipal de Abrantes apoia este projeto?''

Armindo Silveira, na última reunião da CMA

O Valamatos respondeu que não tinha conhecimento deste projecto. Coisa estranha. Porque o dito foi anunciado com grandes parangonas nos media e conta com o apoio do ex-Ministro da Agricultura, o Capoulas e da actual, a Antunes.

O projecto é um crime ecológico e destruirá o ecosistema nos troços do rio, ainda livres de açudes e tem um grave impacto no concelho, onde o Tejo será canalizado, com novos açudes.

ma

 



publicado por porabrantes às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 09.02.21

O vereador Armindo Silveira acaba de interrogar os caciques se há algum estudo de viabilidade do MIAA.

O Valamatos atirou bolas fora e não falou deste estudo de viabilidade encomendado pela CMA.

Porque seria?

 

Foi feito pelo IPT, que para o realizar teve de contratar a ''empreitada'' com uma consultora externa.

Quantos funcionários lhe devem ser adscritos?

13  em 2021

miaa pessoal.png

Quais sãos os custos previstos?

custos.png

O estudo está prejudicado pelos atrasos sucessivos, por uma delirante estimativa de receitas, mas mesmo assim mostra que o MIAA será um elefante branco. E espera receitas que estão inflacionadas

receitas.png

Para elaborar o delirante projecto final (a torre) haveria que recorrer ao crédito

sensibidade.png

 

crédito.png

 

 

Naturalmente o claro, o frontal, o correcto, seria entregar este estudo ao Vereador e tê-lo on-line para que os abrantinos estivessem informados.

ma

PS- o estudo não indica, por o compromisso ser posterior, os 50.000 € anuais que a CMA tem de entregar a obras sociais no concelho, a indicar pela Fundação Estrada, em troca da disponibilização da colecção, nos termos do protocolo assinado 

   



publicado por porabrantes às 10:23 | link do post | comentar

Quarta-feira, 03.02.21

Perguntam-nos porque sai este blogue, que anda pouco agressivo.

Uma boa resposta: para que não nos tomem, por parvos! 

Inquirido pelo Vereador Silveira, único representante da Oposição no Executivo, acerca da responsabilidade da autarquia na cobrança ilegal da derrama pelas Finanças, o Valamatos recusou-se a aclarar responsabilidades, refugiando-se em evasivas.Abrantes | Manuel Valamatos takes over the Presidency

 

De quem era a responsabilidade?

Das Finanças ou dos serviços caciquistas?

Pois bem, graças a uma pergunta parlamentar da Srª Drª Fabíola Cardoso, Deputada do Bloco, as Finanças esclarecem que a responsabilidade é da autarquia abrantina

derrama 1.png

derrama 2.png

Assumir as culpas é de gente de bem.

Esta gente coagiu, por informação falsa ( ''a existência de uma omissão na comunicação da isenção da derrama'') as Finanças a fazerem cobranças ilegais.

Esta gente é incompetente e extorquiu dinheiro ilegalmente às empresas abrantinas.

Um lapso acontece aos melhores, não reconhecer um erro acontece aos piores.

A esta tropa.

Finalmente cabe agradecer ao Bloco ou seja ao Armindo Silveira e à Deputada, por os apanharem em flagrante delito.

ma

   



publicado por porabrantes às 15:33 | link do post | comentar

Quinta-feira, 21.01.21

Está on-line a acta da reunião de 22 de Dezembro de 2020, onde se deram os ''incidentes'' que levaram à detenção de Jorge Dias. Esta acta foi aprovada, por maioria, em 12 de Janeiro de 2021, com o voto contra do Vereador do Bloco, dr. Armindo Silveira.

No texto da acta há declarações de Jorge Dias que convém ler: 

(...) '' Dirigindo-se ao presidente da Câmara. Foi gritando "Querem resolver a coisa ou não querem? Você é que é o culpado. Mentiroso de merda, você é um mentiroso de merda."(....)

 

(...) '' Há 20 anos que eu sofro com vocês. Falsificação de documentos. Burlas. Vejam o que fizeram com a Mercar. A Mercar tem o terreno à venda, que a câmara lhe deu, por 800 mil euros. Portanto acabou. A partir de agora o que tiver que ser que seja... vamos andando...
A partir de agora é vai ser..(..)''

Também há referências ao caso da alegada agressão à funcionária Manuela Santos.

No final da acta diz-se: 

acta apr.png

Aprovada por quem?

Por unanimidade ou maioria?

Houve votos contra?

Não se especifica.

E Armindo Silveira votou contra. E apresentou uma declaração de voto contra: 

declaração de voto.png

A especificação de que houve um voto contra, de quem questionou que a acta seja reflexo do que realmente se passou, a inclusão da declaração de voto do Vereador Silveira era imprescindível.

Neste sentido, o art 35 do CPA (Código do Procedimento Administrativo):

'' 1 - Os membros do órgão colegial podem fazer constar da ata o seu voto de vencido, enunciando as razões que o justifiquem.
2 - Aqueles que ficarem vencidos na deliberação tomada e fizerem registo da respetiva declaração de voto na ata ficam isentos da responsabilidade que daquela eventualmente resulte.''

E como escreve, o Profesor Luiz S. Cabral de Moncada, In “Código do Procedimento Administrativo” anotado,'' .1.O voto de vencido é a expressão na ata do sentido de voto de um membro que ficou derrotado na posição que defendeu. Em princípio, nos órgãos colegiais os votos são contabilizados por número sem atender aos membros votantes. O voto de vencido é uma exceção. Quem votou vencido pode fazer constar da ata a sua declaração de voto. É um direito procedimental que lhe assiste. Apenas está vinculado a enunciar as razões que o justificam, constando estas também da ata. Esta enunciação fica ao critério do vencido mas tem de ser aprovada e assinada porque consta da ata. Naturalmente que o membro que votou vencido fica vinculado pela deliberação tomada pelo colégio. O colégio não pode opor-se à introdução na ata do voto de vencido contrariamente ao que sucede com declarações prolixas ou ininteligíveis atendendo precisamente às adiante referidas consequências jurídicas do voto de vencido exarado em ata. 2. O seu registo na ata e a isenção de responsabilidade 2.1. O voto de vencido fica registado em ata, como se disse este registo tem um efeito jurídico que consiste na isenção da responsabilidade civil ou outra do vencido pelas consequências geradas pela deliberação contra a qual votou. Resta saber se esta exoneração pressupõe não apenas o voto de vencido mas também a enunciação das razões que o motivaram. A letra da lei indica que sim. Mas a exoneração funciona sempre a favor do vencido independentemente das razões de legalidade ou outras que expôs.»

Ou seja esta gente procedeu ilegalmente ao não inserir o voto de vencido do Vereador do Bloco na acta.

Esta gente censurou a acta, colocou em causa a transparência democrática, deu novo testemunho da sua falta de apego à legalidade, e continua na senda do ''aviltamento'' da democracia, como bem sublinhava o comunicado da Alternativa.com.

ma 

  

 



publicado por porabrantes às 10:32 | link do post | comentar

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

Ataques pessoais

O que parece, é! dizia Sa...

O Vereador Valamatos no P...

A promocão eleitoral do c...

A Evolução na Continuidad...

O elefante branco do Vala...

Cacique apoia a canalizaç...

A viabilidade do MIAA e o...

Informação falsa da autar...

Voto contra de Armindo Si...

arquivos

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carrilho da graça

cavaco

cdu

celeste simão

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

coronavirús

cria

crime

duarte castel-branco

espanha

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

frança

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Abril 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds