Segunda-feira, 10.11.14

Hoje no TAF de Leiria foram distribuídos 2 processos abrantinos, daqueles processos ou assuntos que se arrastam ad aeternum,

 

 

taf.png

 nenhum deles tem um carácter privado, os dois têm interesse público, mas vou cingir-me ao primeiro, porque já tinha este post escrito há um montão de tempo e há que desentulhar os arquivos:

desespera o  freguês....com uma justiça lenta.....

 

um justiça lenta é pior que uma câmara lenta (expressão made in dr. Consciência...)

 

vejam este post

 

o processo tinha tido início em 2007....

 

 

em 2008  relacionado com isto foram tomadas três  decisões municipais

 

 

 (...)

 

‘’ Nº 1 - Proposta de Deliberação do Vice-Presidente da Câmara, que era,

 

Pina da Costa.jpg

 

VPC-Vereador Pina da Costa

 

(...)remetendo, para ratificação do órgão executivo, o seu despacho datado de 5 de Março de 2008, a aprovar que o pagamento da guia de taxa de justiça inicial (preparos), no valor de €960,00 (novecentos e sessenta euros), seja suportado pelo Município, relativamente ao processo de indemnização cível, nº 1000/07.5 BELRA, em que é Autor Josué de Jesus e Outros e no qual foi arrolado como Réu o Arquitecto Ricardo Martins, dado o valor envolvido, e, porque a eventual indemnização a ocorrer será por causa do exercício de funções púbicas, enquanto não for provada actuação dolosa, e, atendendo à jurisprudência do Pleno do STA consignado no Acórdão 855/04 de 28 de Setembro de 2006.

Só haverá direito de regresso se tiver havido comportamento doloso (Lei 169/99, de 18 de Setembro, artigo 97º). O Presidente da Câmara não participou na discussão e votação, ao abrigo do nº 6 do Artigo 90º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei Nº 5-

A/2002, de 11 de Janeiro, em conjugação com o Artigo 44º do Código do Procedimento Administrativo.

Deliberação

 Por unanimidade, ratificar o referido despacho do Vice-Presidente da Câmara. (...)''

 

Porque é que o Presidente de então não participou na decisão?

Porque era também réu no dito processo (...)

 

nelson.jpg

 

 

 Nelson Carvalho era o réu-presidente

.....

 

''(...)

 

Nº 2 - Proposta de Deliberação do Vice-Presidente da Câmara

 

, na sequência da proposta anterior e da Informação do Director do Departamento de Administração e Finanças, sugerindo que o pagamento da guia de taxa de justiça inicial (preparos), no valor de €1.152.00 (mil cento e cinquenta e dois euros), respeitante à intervenção do Presidente da Câmara no Tribunal, no processo de indemnização cível, nº 1000/07.5 BELRA, em que é Autor Josué de Jesus e Outros, seja autorizada pela Câmara Municipal de Abrantes, dado que o valor envolvido, e, porque a eventual indemnização a ocorrer será por causa do exercício de funções púbicas, enquanto não for provada actuação dolosa, e, atendendo à jurisprudência do Pleno do STA consignado no Acórdão 855/04 de 28 de Setembro de 2006.

Só haverá direito de regresso se tiver havido comportamento doloso (Lei 169/99, de 18 de Setembro, artigo 97º).

O Presidente da Câmara não participou na discussão e votação, ao abrigo do nº 6 do Artigo 90º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei Nº 5-A/2002, de 11 de Janeiro, em conjugação com o Artigo 44º do Código do Procedimento Administrativo.

Deliberação 

 Por unanimidade, ratificar o referido despacho do Vice-Presidente da Câmara. (...)''

 

O Vice-Presidente autor deste despacho foi Pina da Costa.

 

Em 18 de Março de 2008, a CMA reconhece que meteu a patinha na água e que isso salpicou várias pessoas:

 

 

‘’(...)Nº 21 - Proposta de Deliberação do Vereador Pina da Costa

  (...)referente a uma Informação do Director do Departamento de Administração e Finanças, datada de 4 de Março de 2008, acerca do processo de obras nº 1160/96, em nome de Josué de Jesus – Processo nº 1000/07.5 BELRA TAF Leiria.

 

Deliberação:

 Por unanimidade, perante a situação de facto involuntariamente criada, a Câmara Municipal delibera não declarar a caducidade da licença oportunamente concedida com base no nº 4 do artigo 69º do Decreto-Lei 555/99, de 16 de Dezembro, na redacção da mencionada Lei 60/2007, de 04 de Setembro, considerando consolidada de direito a edificação levada a efeito ao abrigo da licença concedida. Dar conhecimento desta deliberação ao Tribunal por onde corre trâmites a acção judicial.

 

Aos respectivos serviços para procederem em conformidade.(...)

 

18 de Março de 2008

 

 

Em 2009, a coisa regressa às actazinhas:

 

 

‘’Nº 1 - Para conhecimento, o Presidente da Câmara,

 

apresenta a Informação do Director do Departamento de Administração e Finanças, datada de 19 de Fevereiro de 2009, acerca da exposição de Narciso Félix, funcionário da Câmara Municipal de Abrantes na situação de aposentado, no âmbito da sua intervenção no processo nº 1000/07.5 BELRA do Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria.

Tomado conhecimento e remeter cópia ao Consultor Jurídico, Dr. António Montalvo e ao Sr.Narciso Félix

Nº 1 - Para conhecimento, o Presidente da Câmara,(...)’’

 

 10-2-2009

 

 

 Em Abril de 2014.....na Assembleia Municipal há uma informação do dr.Bento Pedro, dando conta do estado do processo e dizia que estava dentro do prazo que tinha a CMA para prestar alegações:

 

 Em Novembro de 2014 o processo volta a ser distribuído no TAF de Leiria

 E arrasta-se este processo com acusações por responsabilidades cíveis contra um ex-autarca e um funcionário desde 2007!!!!

 

E a CMA reconhece que criou ''involuntáriamente'' determinada situação!!!!

 

 

Como é que uma edilidade cria uma situação ''involuntariamente''????

 

E acontece que se for condenada estão em jogo um pouco mais de uns meros 235.000.€.. mais os juros, que serão copiosos,

71174

Entrada:  16-10-2007 Distribuição:  23-09-2013

Réu: Arquitecto Ricardo Martins  Contra-interessado: José Manuel Damas Batista Damasceno  Autor: Josué de Jesus  Autor: Maria Adelina Lopes Caroço  Réu: Município de Abrantes  Contra-interessado: Narciso Ribeiro Félix  Réu: Presidente da Câmara Municipal de Abrantes

Unidade Orgânica 1

1000/07.5BELRA Valor: 235.990,00 €

Acção administrativa comum - forma ordinária

 

E isto vai passando, de sessão em sessão desde 2007, tanto na Assembleia Municipal como na CMA e ninguém da oposição pergunta nada????

 

Acontece que se perguntasse, o actual Presidente da AM não podia participar na discussão, porque era réu nesse processo....

 

É normal a situação?

Não seria, porque o dr.Bento Pedro distribui em cada sessão, a lista dos processos pendentes em que a CMA é parte...

 

Podiam perguntar ao dr.Carvalho, ouça lá você ainda é réu neste processo? Explique-nos esta história....

 

MA

 

 

  



publicado por porabrantes às 19:54 | link do post | comentar

Terça-feira, 15.04.14

 

 a barca

 smas 20004.jpg

Felicita-se a Margarida Trincão por ter publicado este corajoso artigo do grande abrantino Sr.Artur Lalanda, que se reproduz com a devida vénia.

 

Parte do artigo é baseado em revelações jornalísticas feitas in illo tempore pelo saudoso Mário Semedo e por isso será mister recordá-lo, no local exacto que o Mário chamava a Ágora abrantina ou seja a Barão da Batalha.

 

 

 

foto divulgada pelo arq. Doutor António Castel-Branco (Abrançalha)

 

No artigo o Sr.Lalanda usa um subtil sarcasmo para crismar o VPC (sigla criada pelo Dr.Consciência) como sacristão e julga com severidade a sua actuação pública.

 

Estamos certos que o VPC usará a sua coluna marxista para responder e se não responder estará por um lado a trair Karl Marx, que nunca fugiu a uma boa polémica e que era um polemista com diabólico talento e por outro lado a consentir, porque quem cala consente.

 

 

Nada mais havendo a tratar (por enquanto....nunca se sabe)...

 

MA   



publicado por porabrantes às 16:28 | link do post | comentar

Segunda-feira, 19.08.13

 

No último número da Barca o sr. dr. Pina da Costa resolveu continuar a teorizar. É um relato teórico sobre ''esqueletos'' e sobre a esquerda. Todas as ''narrativas'' teóricas são textos de ficção e algumas até são poéticas, donde se poder nelas tomar-se liberdades poéticas. Será o caso desta??????

 

 

 

Referindo-se a 1975 diz o ex-VPC (R), ou seja ex-Vereador Pina da Costa (Reintegrado), ''O Jornal República é encerrado em Maio, alegadamente por ser de orientação socialista''.

 

 

Acontece que o velho vespertino de António José de Almeida, onde o mais brilhante articulista foi o monárquico Rocha Martins (o povo disputava a gazeta quando os ardinas berravam '' hoje fala o Rocha''), não foi fechado nessa data, mas ocupado pelos tipógrafos liderados pelo  gerente Belo Marques que sanearam a redacção ''reaccionária'' e o director, o ex-seminarista melhor classificado do seminário de Bragança, o dr. Raul Rego.

 

Depois o jornal continuou a sair com uma nova redacção '' proletária'' na qual brilhava o meu amigo 

 

Mário Semedo, neto do sr. Esteves, o mais importante (e rico) empresário de madeiras de Rio de Moinhos.

 

Também havia lá outros amigos meus, um dos quais era namorado da filha do sr.Belo Marques, e é hoje pastor protestante no Canadá. Não sei a que seita pertence  agora o rapaz.....

 

Será anabaptista do sétimo dia....????

 

 

No dia da ocupação, o PS montou uma manif à porta e o povo (e eu) gritávamos '' a foice e o martelo na cabeça do Otelo''.

 

Entre os saneados estavam  o Jaime Gama, o Alberto Ahrons de Carvalho e o Manuel (o irmão) (1), o Vítor Direito, que depois foi director do Correio da Manhã....etc

 

Não vou atirar as culpas da ''ocupação'' pró PCP, aquilo como a  da Renascença, veio das brilhantes cabeças otelistas.

 

 

Pode o sr. dr. Pina da Costa continuar a construir textos poéticos. Por exemplo explicar-nos que o PS abrantino se resume a

 

 

 

 

Esteja à vontade....

 

 

MN

 

(1) filhos do historiador das Galveias, Barradas de Carvalho 



publicado por porabrantes às 16:26 | link do post | comentar

Quarta-feira, 13.10.10

A página do PS onde manda a Chefa (do PS e da famíla Alves Jana, excepto do historiador rebelde que aderiu à petição) inseriu um texto sobre a grande preocupação da Máxima Autoridade Socialista.

 

Estava para lhe chamar tia Isilda, como chamo Tia Lucília à mulher do meu Tio Fernando (Simão), milionário, homem culto, pessoa de bem e filantropo.

 

Mas para uma Suzy de Levi e de Noronha chamar Tia a uma Senhora que não seja da sua família, exigem-se várias condições que a Chefa não cumpre.

 

Por exemplo, ter uma casa destas

 

 

Casa Moita em Alcanena, propriedade da Tia Mary Lucy. Arquitecto Raul Lino.

 

 

Ter anti-fascistas na família e inclusivamente algum comunista, excentricidades que ficam sempre numa família ''in'' como são os Moitas.

 

Recordamos o escritor comunista Urbano Tavares Rodrigues, primo da Tia Lucy, recordamos o ex-padre progressista Luís Moita na mesma situação e alma do apoio do povo português à resistência em Timor através do CIDAC (1).

 

Recordamos que o nosso amigo Pedro Moita Tavares Simão, grande proprietário e industrial é um dos signatários da petição.

 

Quem cria emprego como o Pedro na Renova, sem favores políticos e proteccionismos fiscais como aqueles que goza o Barão Vermelho, está com a petição.

 

Parasitas que vivem da cunha partidária e do favoritismo político não a assinaram.

 

 

Portanto não posso chamar Tia Isilda à Chefa.

 

Tenho de lhe chamar Comissária do Povo Isilda Jana.

 

Também não lhe posso chamar Camarada porque a minha militância de judia anti-sionista impede-me de acamaradar com descarados cúmplices do genocídio do povo palestiano, porque o PS está na mesma internacional que os sociais-militaristas de Barak....

 


O líder dos sociais-militares de Israel, o sinistro Barak, um Sharon de 3ª

 

 

Que preocupa então à Comissária do povo pegacha????

 

A fome?? O desemprego? A insegurança??? O futuro laboral do sr.Gomes Mór?

 

Não o que a preocupa a ela e ao PS de Abrantes é o problema angustioso dos ''Decotes das Deputadas''

 

Trata-se dum artigo surrealista do ex-VPC que recordado dos sermões seminarísticos lançou uma campanha pela moralização que o PS fez sua.

 

Como temos poucas Deputadas cá da zona, resolvemos investigar o decote das nossa políticas.

 

É uma coisa que me interessa, dada a especialidade académica em socialites.

 

Antes disso, uma panorâmica generosa sobre o decote:

 

in http://www.tecontei.com.br


Luciana Gimenez, uma socialite brasileira, mãe duma criancinha made in Mick Jagguer, adora decotes. Deve ser para disfarçar as pernas que precisam de restauro.

 

Sexy ou não? O decote gigante de Salma Hayek in http://starlounge.pt.msn.com

Salma HayeK também adora mostrar o peitoral. Para mim está out com este trapinhos

 

Podia continuar mas passo às políticas ou mulheres dos ditos:

 

Eis a doce Carla Bruni com um decote in

 




 

Eis a ex-deputada mais bonita do Distrito, com mais classe, com um decote sugestivo numa fotografia oficial, actual Governadora Civil que só perdeu as eleições em Alpiarça devido à péssima gestão do anterior PC socialista.

 

A Sónia não tem medo dos decotes.

 

O Pina de Costa mais o Lelo tripeiro têm. O PS de Abrantes acha que os decotes são um grande problema político.

 

Quando a Governadora Civil vier cá, para alegria dos olhos do meu Chefe Miguel Abrantes, especialista em brasileiras, a Chefa mandará um ofício para Santarém dizendo que a Drª Sónia não pode exibir um bocadinho do seu charme porque o Dr.Pina da Costa fica muito perturbado????

 

Pina dos Decotes, o moralizador (foto A Barca)

 

 

Lelo, a quem Jaime Gama meteu na ordem, o pai da polémica dos decotes (foto DN)

E finalmente (ou quase) para o dr. Miguel Abrantes, conhecido noctívago especializado em relações luso-brasileiras, uma prenda:

o mais out decote do Brasil. Até a Dilma é mais in......

 

Ò Dr.Miguel, há brasileiras e brasileiras. Porque não prefere o produto made in Portugal ?

 

Suzy Levi de Noronha, bomba luso-hebraica,

 

(1) Centro de Informação e Documentação Amílcar Cabral



publicado por porabrantes às 18:28 | link do post | comentar

Terça-feira, 12.10.10

 

PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM DE RECRUTAMENTO PARA O PREENCHIMENTO DE UM POSTO DE TRABALHO PARA A CARREIRA E CATEGORIA DE TÉCNICO SUPERIOR DE ARQUIVO

Acta de Avaliação Psicológica

Aos cinco dias do mês de Janeiro de dois mil e dez, na Câmara Municipal de Abrantes o Técnico Superior de Psicologia, José Vítor Gomes Luís, procedeu à aplicação do método de avaliação psicológica, numa única fase, aos candidatos a seguir identificados, para o procedimento concursal referenciado em epígrafe, aberto por Aviso publicado no Diário da República, 2ª Série, n.º 153, de 10 de Agosto de 2009.Depois de aplicados os testes psicológicos mencionados na folha seguinte, considerados relevantes para o recrutamento de candidatos para o posto de trabalho, e efectuada a avaliação psicológica, os candidatos obtiveram o seguinte resultado final, constante da respectiva ficha individual que se anexa à presente Acta.

Candidatos

Resultado fina

lNível classificativo

Classificação

António Ricardo Camelo Morgado Elevado 20 Valores

José Martinho Serras Gaspar Bom16 Valores

Paula Sofia Realinho da Cruz Bom16 Valores

Paços do Município de Abrantes, 20 de Janeiro de 2010O

Psicólogo,José Vítor Gomes Luís

 

Felicitamos o Sr. Dr.Gaspar, o mais destacado republicano do concelho ( depois do republicano Nelson Carvalho ter aderido à causa monárquica ao passar a depender politicamente do fiel vassalo de D.Duarte de Bragança, Fernando Nobre, e laboralmente do Barão Vermelho), pela alta classificação obtida no exame.

 

Mas foi batido em psicologia pelo Sr.Dr. António Ricardo Camelo Morgado, a quem já outro dia felicitámos pelo êxito neste processo concursal.

 

E tendo em conta a proposta do médico monárquico Fernando Nobre (vassalo de el-Rei D.Duarte III) acima satirizada pela pena implacável do Luís Afonso, perguntamos à D.Maria do Céu:

 

A chefa ou seja a Ex.Dr ª Isilda Jana e o ex-VPC, ou seja o Sr. Dr. Pina da Costa também tiveram de fazer exames psicológicos para acederem às suas altas funções?????

A lei consagra a igualdade, ou aplicou-se o artigo que diz ''há uns que são mais iguais que outros''?

 

Esclarece-se que se disse que a  Ex.Dr ª Isilda Jana, em comissão de serviço na CMA vinda da Manuel Fernandes, desempenha altas funções porque trabalha no sítio mais alto da Cidade, ou seja o Castelo.....

 

Miguel Abrantes



publicado por porabrantes às 17:31 | link do post | comentar

Quarta-feira, 06.10.10

 

Lemos o último post do cidadão ABT sobre a cobrança das águas e ficámos banzados!!!!

 

Iremos ao assunto um dia destes!!!!

 

Agora tendo em conta os métodos de cobrança, os preços praticados, as férias dos 110 excelentes funcionário/as e da jurista avençada mais do ex-VPC, ou seja 112,

achamos que o novo sistema anunciado de telegestão devia mudar de nome.

 

Que tal telefornicação????

 

Do consumidor, evidentemente.

 

Miguel Abrantes, bebedor de tudo menos água do VPC



publicado por porabrantes às 15:45 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Terça-feira, 31.08.10

 

Fonte : certidão on-line da Conservatória de Registo Comercial de Abrantes

 

''Insc. 1AP. 1/20070727 13:49:46 UTC - CONSTITUIÇÃO DE SOCIEDADE E DESIGNAÇÃO DE MEMBRO(S) DE ORGÃO(S) SOCIAL(AIS)


FIRMA: ABRANTAQUA - SERVIÇO DE ÁGUAS RESIDUAIS URBANAS DO MUNICÍPIO DE ABRANTES S.A. 
NIPC: 508112680 
NATUREZA JURÍDICA: SOCIEDADE ANóNIMA 
SEDE: Parque Lena 
Distrito: Santarém Concelho: Abrantes Freguesia: Alferrarede 
2200 ABRANTES 
OBJECTO: 1 - Concessão do Serviço de Águas Residuais Urbanas do Município de Abrantes.2 - Incluem-se no objecto social da sociedade, nomeadamente, a construção, extensão, reparação, manutenção e melhoria das obras e equipamentos, bem como a realização de todos os actos necessários para a prossecução da actividade descrita no número anterior. 
CAPITAL : 50.000,00 Euros 
Data de encerramento das contas do exercício: 31 de Dezembro 

ACÇÕES: 

Número de acções: 10000 
Valor nominal : 5.00 Euros 
Natureza: Nominativas, podendo ser representadas por títulos de uma, cinco, dez, cinquenta, cem, mil e múltiplos de mil acções 

FORMA DE OBRIGAR/ÓRGÃOS SOCIAIS: 

Forma de obrigar: a) - Assinatura de dois administradores;b) - Assinatura do Administrador Delegado, nas matérias que sejam da respectiva competência por deliberação do Conselho de Administração;c) - Assinatura de um ou mais mandatários, nos precisos termos dos respectivos instrumentos de mandato. 
Estrutura da administração: Composta por três a sete membros 
Estrutura da fiscalização: Fiscal Único e um suplente, ambos ROC ou SROC 
Duração dos mandatos: Três anos 

CONSERVATÓRIA DA SEDE: 

Distrito: Santarém 
Concelho: Abrantes 
Conservatoria: CRPC Abrantes 

DESIGNADO(S): 

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO: 

Armando Paulino Martins da Silva 
NIF/NIPC: 157837645 
Cargo: Presidente 
Residência/Sede: Casal da Charnequinha, lote 6 -A. Nossa Senhora da Piedade, Ourém 
Ourém 

Roberto Pérez Muñoz 
NIF/NIPC: 260624357 
Cargo: Vogal 
Residência/Sede: Calle Ulisses, nº 18, Madrid, Espanha 

Miguel Jurado Fernández 
NIF/NIPC: 260624101 
Cargo: Vogal 
Residência/Sede: Calle Ulisses, nº 18, Madrid, Espanha 

Jesus Rodriguez Sevilla 
NIF/NIPC: 260624608 
Cargo: Vogal 
Residência/Sede: Calle Donoso Cortés, nº 6, Badajoz, Espanha 

Júlio de Jesus Bento 
NIF/NIPC: 101824009 
Cargo: Vogal 
Residência/Sede: Rua S. Bento Menni, nº 2, 8º andar A 
Lisboa 

FISCAL ÚNICO: 

KPMG & Associados - SROC, S.A. 
NIF/NIPC: 502161078 
Residência/Sede: Edifício Monumental, Avª Praia da Vitória, nº 71 - A, 11º andar 
Lisboa 

SUPLENTE(S) DO FISCAL ÚNICO: 

João Albino Cordeiro Augusto 
NIF/NIPC: 103527737 
Residência/Sede: Edifício Monumental, Avª Praia da Vitória, nº 71 - A, 11º andar 
Lisboa 

Prazo de duração do(s) mandato(s): Triénio 2007 a 2009 
Data da deliberação: 20070726 

A SROC é representada por João Paulo da Silva Pratas - ROC - NIF 190572841 - com domicilio no Edifício Monumental, Avª Praia da Vitória, nº 71 - A, 11º andar - Lisboa. ''

 

 

Como se pode verificar o C. de Administração da empresa é dominado por espanhóis: os Señores Roberto Pérez, Miguel Jurado e Jesus Rodriguez, sendo os administradores lusos o ex-vereador PS Júlio Bento e para dar uma ideia que os portugas mandam alguma coisa o Presidente é o Sr. Armando Silva.

 

Os serviços consessionados (ver post anterior) eram desempenhados desde sempre pelo SMAS. Agora foram ''privatizados'' a favor desta empresa, não me lembrando eu que tenha ouvido concurso público.

 

Aliás para quê?

 

Os concursos públicos são uma chatice, só servem para  perder tempo e fomentar a burocracia.!!!- diz-nos um Ps local enquanto tomamos a bica no Chave de Ouro.

 

E o vício de entregar coias aos estrangeiros?

 

Estou-me a lembrar como nacionalizaram 80% do capital da Covina que era de Lúcio Thomé Feteira e deixaram os franceses da Saint-Gobain com os seus 20% incólumes.

 

Depois administraram a empresa quase até a levar à falência (como a MDF) e resolveram privatizá-la.

 

Hoje é espanhola, passou de ter mais de mil trabalhadores, como na época de Lúcio Thomé Feteira, e anda por poca dezenas deles..

 

Só serve como armazém, para vidro que vem de Espanha por exemplo para a Auto-Europa.

 

Não me admira que Lúcio Thomé Feteira tenha terminado a berrar: Viva Salazar!!!!

 

O benemérito Lúcio Thomé Feteira era um mulherengo, queria ter muitas  trabalhadoras para poder mostrar a sua virilidade leiriense ao belo sexo.

 

Mas às vezes enganava-se. A Dona Rosalina era um bocado feisosa....

 

No entanto, os estrangeiros são mais morais, especialmente os espanhóis, que  muitos são da Obra, como o Marcello de Ataíde, e nas suas empresas nunca há rebaldarias!!!!!



Só mais uma nota abrantina. Para quê a nova e flamante sede do Smas ?

 

Para que o dr. Pina da Costa receba o sr. Roberto Pérez em condições?

 

foto do nosso amigo Cidadão Abt!!!!

 

Somos a favor da nova sede!!!!

 

O dr. Pina da Costa saberá demonstrar aos espanhóis que a tradicional hospitalidade lusa não se perdeu.

foto cma

 

Miguel Abrantes, português muito hospitaleiro



publicado por porabrantes às 18:25 | link do post | comentar

Segunda-feira, 30.08.10

O nosso amigo Artur Lalanda envia-nos este comentário ao post ''Ganda post''  onde se fazia o elogio do Cidadão Abt e do seu talento.

 

Diz o Sr.Lalanda: Venho mantendo uma "guerra" surda com o VPC para conseguir ler o contrato com a Abrantáqua, que me parece estar a ser uma mina de ouro para a empresa e conhecer os valores médios mensais consignados,desde Janeiro de 2008. Já tenho uma resposta "anedótica" e estão em curso análises que mandei fazer às águas sub-terrâneas do vale da Cerejeira, a juzante do Paúl.
Creio que a empresa não cumpre o contrato e ninguém toma providências. 
Os SMA dizem que estão a ser construidas redes de saneamento, mas não dizem onde.
Sempre que alguém reclama contra o estado das sarjetas no zona histórica, quem aparece a remediar o assunto é pessoal da Câmara ou
dos SMA. Pagamos duas vezes.
Esta gente precisa de ser denunciada. 
O meu "geito" é denunciar abertamente porque não sei "calçar" luvas de renda, como
os Senhores fazem.
Os jornais preocupam-se com a sobrevivência
e nem sempre lhe sobre o espaço. Temos que aceitar.
Boa saúde.

 

E agora nós: vamos ver se conseguimos o contrato. Ou pelo menos aconselhar aqui a forma ''legal'' de o obter, porque é um documento público e a CMA está obrigada a mostrá-lo.

Também queremos fazer uns posts sobre a ''empresa'' mas precisamos dalgum tempo.

Os nossos cumprimentos

Marcello de Ataíde


tags: ,

publicado por porabrantes às 14:40 | link do post | comentar

Terça-feira, 27.07.10

O nosso leitor Artur Lalanda conta-nos uma magnífica história sobre o ex-VPC ou seja o Senhor dr. Pina da Costa, actualmente ao comando da pesada nau dos Serviços Municipalizados:

 

A propósito de VPC e SMA, nem queiram saber! Espero poder fornecer-lhes "matéria prima" para tentarem, brincando e sem ofender ninguém, produzir algo que faça comprender aos n/políticos que devem explicações
à população que lhes paga os ordenados.
Tenho feito algumas provocações mas não vejo as respostas.
Cá vai uma: Acta nº 13, de 16/04/2007 - O vereador Moreno Vaz manifestou a sua preocupação(encomendada) relativa à obra em desenvolvimento no pontão que liga Abrançalha de Cima à Senhora da Luz.
O Senhor Vice-Presidente, que nesse dia presi-
dia, afirmou que "a conduta está acima da cota de cheia. A conduta, mesmo assim, encontra-se a mais de três metros acima da base da ponte". Acontece que a conduta se encontra, exactamente, a 1,60m do leito, como é visivel na "foto denúncia" publicada pelo "O Ribatejo" de 04 de Junho de 2010.
O que terá levado o Sr.Vice-Presidente a fazer
semelhante afirmação ?
Será que ele já esperava vir a ocupar o lugar
que hoje desempenha ?
Tenho necessidade de, a propósito desta obra, obter mais alguns esclarecimentos que, aliás, já são do conhecimento dos SMA, mas tenho que esperar pelo reposicionamento da conduta. Espero que eles não esperem que eu morra para cumprirem a notificação da CCDRLVT,
agora da competência da AHR Tejo.
Com os meus cumprimentos.

 

Agradecemos ao Sr.Lalanda a sua colaboração no blogue.

M.de Ataíde



publicado por porabrantes às 14:37 | link do post | comentar

Segunda-feira, 26.07.10

''Claro que o CO2 é diferente. A sua emissão está essencialmente ligada à produção de energia. Os estados não quererão comprometer o seu desenvolvimento, as empresas não abdicarão das soluções energéticas mais baratas ainda que ambientalmente mais penalizadoras e os cidadãos não prescindirão do seu carro, do saco de plástico (ou do bife. Sim, a produção de carne é o segundo sector de produção de gases com efeito de estufo, a seguir à produção de energia, sendo que o metano tem um efeito 20 vezes superior ao CO2)   e de uma energia barata à bolsa ainda que cara ao ambiente.''

Pina da Costa in página web do PS Abrantes
Abril 2010

 

 

Ò homem, porque é não fez uma postura, quando era VPC, para proibir a Central do Pego?

 

Podia servir-se também do Código de Posturas de 1902 (1), que alguma vez aplicou, para fechar a Central e proteger o CO2 ou o raio que isso seja.

 

Ou então consultava o Vigário e o Pico, homens de ideias originais, e aplicava esta medida do Plano Secreto CDS anti-poluição, mandando colocar estes sinais em todas as freguesias e rotundas do concelho.


Evitava-se assim que se gastasse CO2 e não se produziriam cenas destas que até se dão nas melhores famílias

 



 

click to zoom

Adérito Abrantes, ecologista

 

PS -Agora que Pina da Costa é um ''ex'' já não é altura para andar a gritar que vem aí o lobo......

 

(1)- Um dia destes contamos a história





publicado por porabrantes às 16:44 | link do post | comentar | ver comentários (2)

ASSINE A PETIÇÃO

posts recentes

O processo do snr.Josué d...

grande artigo na Barca

Pina da Costa fecha a Rep...

A Comissária do Povo e os...

O Gaspar, o do barrete fr...

Telefornicação

ABRANTAQUA (2)

A palavra dum leitor

Ex-VPC e a Senhora da Luz

Pina da Costa e o CO2

arquivos

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

25 de abril

abrantaqua

abrantes

alferrarede

alvega

alves jana

ambiente

angola

antónio castel-branco

antónio colaço

antónio costa

aquapólis

armando fernandes

armindo silveira

arqueologia

assembleia municipal

bemposta

bibliografia abrantina

bloco de esquerda

bombeiros

brasil

cacique

candeias silva

carlos marques

carrilho da graça

cavaco

cdu

chefa

chmt

ciganos

cimt

cma

cónego graça

constância

convento de s.domingos

cria

crime

diocese de portalegre

duarte castel-branco

eucaliptos

eurico consciência

fátima

fogos

grupo lena

hospital de abrantes

hotel turismo de abrantes

humberto lopes

igreja

insegurança

ipt

isilda jana

jorge dias

jorge lacão

josé sócrates

jota pico

júlio bento

justiça

mação

maria do céu albuquerque

mário semedo

mário soares

mdf

miaa

miia

mirante

mouriscas

nelson carvalho

nova aliança

património

paulo falcão tavares

pcp

pego

pegop

pina da costa

portugal

ps

psd

psp

rocio de abrantes

rossio ao sul do tejo

rpp solar

rui serrano

salazar

santa casa

santana-maia leonardo

santarém

sardoal

saúde

segurança

smas

sócrates

solano de abreu

souto

teatro s.pedro

tejo

tomar

touros

tramagal

tribunais

tubucci

todas as tags

favoritos

Passeio a pé pelo Adro de...

links
Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds